domingo, 18 de junho de 2006

Egoísta, eu???

Vivemos numa sociedade completamente egoísta, é, egoísta sim.
Sempre que vamos fazer algo, seja o que for, pensamos primeiro na gente. Se vamos comprar algo, pensamos se vamos gostar, se vamos a algum lugar pensamos se nos sentiremos bem, se abrimos a boca pra falar algo, pensamos se concordados ou não, e por isso muitas vezes, acabamos comprando o errado, indo pra lugares péssimos e falando coisas super desagradáveis.

Vou meu explicar melhor.
Essa semana recebi um e-mail que contava uma historinha mais ou menos assim:

O menino foi comprar droga e o traficante que disse amanhã iram invadir o morro, e o menino disse: invade mermo, e mete bala.
No dia seguinte, quando acordado pela mãe, o menino ainda drogado, mandou a mãe embora e esta foi para o trabalho. Algum tempo depois, quando estava saindo de casa, o menino percebeu uma movimentação na rua e foi olhar o que havia acontecido, então ele gritou: mãããããããããããããããe. E quando perguntou ao policial o que havia acontecido, este disse que foram alguns traficantes que tentavam invadir o morro.

Essa foi a história bem resumidinha, mas dá pra perceber que o menino quando comprou a droga só pensou nele, em como se sentiria com aquilo, mas tenho certeza que depois que aquela sua compra matou a sua mãe, ele deve ter se sentido bastante culpado, talvez se ele tivesse sido um pouco menos egoísta, e pensado um pouco em como aquele droga chegou aos traficantes e a quem ele estaria financiando, talvez ele não tivesse comprado-a.

Às vezes, no calor da raiva, e da discussão, falamos coisas que nunca desejaríamos ouvir, falamos verdadeiros absurdos, e depois quando nos damos conta, quando nos damos, é um pouco tarde, porque como diz um ditado, a palavra falada não volta atrás, por mais que o perdão seja pedido e “aprovado”, haverá sempre aquela marquinha, sabe? Que mesmo sem querer, vai sempre latejar na sua cabeça.

Talvez se pensássemos um pouco nos outros, talvez se nos esquecêssemos por algum tempo e dedicássemos todas as nossas atitudes aos outros, o mundo seria bem melhor, quando falei de lugares ali em cima (ir pra lugares péssimos), quis dizer que, de vez em quando, podemos deixar de ir aonde tanto queremos, e deixar que alguém escolha um bom lugar para nós, afinal, que custa um pouco de sacrifício, né não?

Talvez, se falássemos apenas o que gostaríamos de ouvir ou sei fizéssemos apenas o que gostariam que fosse feito por nós, talvez assim, viveríamos um pouco melhor, mas parece que é tudo tão difícil, né? Somos egoístas demais pra tal sacrifício...

Karina Mendonça

3 comentários:

legionaria disse...

é definitivamente mto egoístas mmso...ah sobre o seu comentário quero sim ser jornalista e tipo independente disso temos q sempre fazer nossa parte, é difícil eu ñ disse q ñ, mas vamo tentar...aquela músik é + linda cantada pelo netto...vc já ouviu...

legionaria disse...

ah ñ sabia do detalhe da alyne, ele tinha mta sorte msmo... é hj q percebi q era ele cantando pq já tinha escutado e ñ percebi, a voz dele era msmo linda!o cd tá mto massa, talvez o melhor deles e infelizmente o último com o netto!

Bruninha disse...

Olá!!
Tbm te achei no clube da insônia e tbm sou nova aqui!!
Quanto ao seu texto, concordo como realmente somos egoístas, isso me fez lembrar de um a frase q minha professora leu pra nós. Um aluno que estava fazendo uma redação pro vestibular mencionou tal frase "temos que deixar de ser tão egoístas e pensar mais em NÓS!!!"heheheheheh
Eu sei que é bem ao contrário e nada a ver com o texto, mas achei engraçado...
Bom é isso, passa lá no meu blog tbm...
Bjinhos...