sexta-feira, 20 de outubro de 2006

O mundo dá voltas. O tempo não pára. E aí?

Não gosto de colocar aqui coisas que não foram escritas por mim, mas andei escutando essas músicas(de temas completamente diferentes, porém me refiro as partes citadas), e vi que elas são muito verdadeiras, mas essa introdução ficou confusa, né? Então leia e depois eu comento...

"Disparo contra o sol
Sou forte, sou por acaso
Minha metralhadora cheia de mágoas
Eu sou um cara
Cansado de correr
Na direção contrária
Sem pódio de chegada ou beijo de namorada
Eu sou mais um cara

Mas se você achar
Que eu tô derrotado
Saiba que ainda estão rolando os dados
Porque o tempo, o tempo não pára

Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára

Eu não tenho data pra comemorar
Às vezes os meus dias são de par em par
Procurando uma agulha num palheiro

Nas noites de frio é melhor nem nascer
Nas de calor, se escolhe: é matar ou morrer
E assim nos tornamos brasileiros
Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro
Transformam o país inteiro num puteiro
Pois assim se ganha mais dinheiro"


"O mundo dá voltas!!!
não posso mais parar
é só correr atrás
nem tudo mudou
não quero mais pensar
no que ficou pra trás
que nada faz voltar."


Agora eu vou explicar o que a letra de "O tempo não pára" do Cazuza e "O mundo dá voltas" do CPM 22 têm em comum.

Na verdade, em comum, elas num tem nada.

Mas, o tempo não pára fala da situação do Brasil e do brasileiro e podemos perceber que a música escrita a mais de 20 anos, expressa exatamente a situação atual e é aí que entra o CPM, confirmando que o mundo dá voltas e por isso as coisas vivem se repetindo.

Confesso que isso me deixa um pouco aperriada. Será que nunca conseguiremos sair dessa situação? Dessa desgraça toda? Será que andaremos sempre em círculos e passaremos pelos mesmos pontos e erros todas as vezes?

Olha, eu não posso te responder. Mas eu, de verdade, espero que um dia possamos andar em linha reta, para experimentar coisas novas, novas caminhos, e que possamos dizer o quão ultrapassa a música do Cazuza se tornou.

Mas enquanto isso. Faça a sua parte, que eu faço a minha.

Kari Mendonça

3 comentários:

Patrick disse...

O importante não é o Brasil ou o mundo...mais importante é você...claro que um depende do outro, mas o Brasil depende mais de vc do que o inverso.

Libelula da Noite disse...

Aiai...
Já cansei de pensar nisso... Em discutir isso...
Infelizmente a situação que nos encontramos não só volta a acontecer todos os dias como vai piorando cada vez mais...
Aiai...
Infelizmente as pessoas n são civilizadas nas hora de agir...

Bjo proce moça!

>>>Pittynauta disse...

Li vários dos seus posts passados e é tamanha a quantidade de informação e assuntos, que se entrelaçam, mas são diferentes! huheuehue..

Fazia muuuuito tempo q eu num visitava esse blog.. MAs estou retornando.. ;)

bju bju!

E essas músicas me lembraram outra música.. e um show desses caras - Plebe Rude
"Não é nossa culpa
Nascemos já com uma bênção
Mas isso não é desculpa
Pela má distribuição

Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração

Até quando esperar

E cadê a esmola que nós damos
Sem perceber que aquele abençoado
Poderia ter sido você
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração

Até quando esperar a plebe ajoelhar
Esperando a ajuda de Deus
Até quando esperar a plebe ajoelhar
Esperando a ajuda de Deus

Posso
Vigiar teu carro
Te pedir trocados
Engraxar seus sapatos
Posso
Vigiar teu carro
Te pedir trocados
Engraxar seus sapatos

Sei
Não é nossa culpa
Nascemos já com uma bênção
Mas isso não é desculpa
Pela má distribuição
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Com tanta riqueza por aí, onde é que está
Cadê sua fração
Até quando esperar
A plebe ajoelhar
Até quando esperar
A plebe ajoelhar
Esperando a ajuda do divino Deus"
__Até quando esperar__Plebe Rude__

No final dessa música, num show deles, eles disseram +/- o seguinte: "É incrível como essa música, que nós escrevemos a tanto tempo atrás, ainda é tão atual, não é?"
=]

bju bju..

*Bruninha*