sábado, 18 de novembro de 2006

Eu e ele (¬¬)

A vida é uma coisa engraçada e ao mesmo tempo completamente sem graça.

É engraçado perceber, que mesmo contra a nossa vontade, somos metamorfoses ambulantes e estamos sempre mudando o modo de ver alguns acontecimentos.

Você pode discordar de mim e como não quero discursão e nem estou fazendo uma redação, então, falarei por mim, na primeira pessoa.

Andei analizando algumas coisas e vi que mudei completamente em relação a alguns assuntos. Vou dar um exemplo para não ficar uma afirmação vaga.

Um dia me contaram uma piada sobre o aniversário de uma pessoa com câncer e como seriam cantados os parabéns e me recordo que na ocasião eu ri bastante. Hoje percebo que não havia nenhuma graça naquilo.

Talvez a graça tenha "desaparecido" quando tive que cantar os parabéns para pessoas queridas, quando essas se encontravam com câncer e não tiveram muito tempo de vida.

Cheguei até aqui pra falar da relação que existe entre mim e o câncer.

Não, eu não tenho câncer e não estou com os dias contados. Mas ninguém sabe quando os nossos dias acabarão, não é mesmo?

O câncer nunca chegou a me atingir fisicamente, mas já atingiu e atinge muitos dos meus queridos e amados e por isso me ataca psicologicamente falando.

Sou uma pessoa bastante curiosa, mas apesar de já ter visto o que essa doença tão traiçoeira pode fazer com alguém, eu nunca tinha pesquisado ao seu respeito, até ontem.

Não sei se fiz o certo. Descobri estatísticas, tratamentos, algumas de suas supostas causas, mas descobri também o que pode fazer com alguém e terminei lendo sobre o que já tinha visto.

Caramba, eu odeio o câncer. Pode ser uma afirmação de algum insano. Mas eu nunca disse que não possuia nenhuma insanidade.

Odeio-o porque ele destroe as pessoas, destruiu e ainda vem destruindo pessoas que eu amo demais.

É impressionante como uma pequena célula, algo invisível aos olhos, pode aos poucos destruir uma vida.

Sabia que o vírus que causa a verruga pode causar mutações nas céluas? E qualquer mutação celular pode causar o câncer. Pois é, uma simples verruga pode destruir tudo.

Não. Eu não inventei essa informação, pode procurar por câncer ou cancro no wikipédia e você lerá sobre os mutações das céluas e sobre tantas outas coisas que o câncer pode fazer.

O câncer é uma pequena célula que sofreu mutações e está de certa forma "infectada" e assim, ela começa a infectar todas as céluas ao seu redor até que já não haja nenhum célula "boa" e já não haja mais solução. Então, tudo o que se tem a fazer, é esperar.

Calma, não estou dizendo que o câncer não tem cura. Temos o exemplo de celebridades como Ana Maria Braga, Patrícia Pilar e algumas outras que não me recordo no momento.

Existem tratamentos e muitas vezes a cura. Mas existem casos em que os tratamentos já são desnecessários e a cura é quase inexistente.

Se você tem câncer ou conheçe alguém que tenha, não fique com raiva de mim e nem me faça críticas, por favor. Mas sou uma jovem, que já perdeu algumas pessoas queridas por causa desse câncer e já não aguento mais ver quem amo sofrer tanto.

Como sempre digo. Talvez eu tenha falado muitas bobagens, mas cheguei ao meu objetivo: o de desabafar e me livrar do que tanto doi quando fica dentro de mim.

-Abraços
Kari Mendonça

Nenhum comentário: