segunda-feira, 30 de abril de 2007

Silêncio

Definitivamente eu desisti de entender o ser humano.

Quando alguém fala "de mais", todos ficam irritados, quando alguém fala "de menos" todos reclamam e questionam.

Oras... é melhor calar ou falar, afinal?

Há inquestionáveis momentos em que as palavras são desnecessárias e o silêncio é capaz de "dizer" tudo.

Ás vezes o silêncio é substituido por um olhar ou até por um beijo, comprovando que nem sempre as palavras são a melhor opção.

O silêncio é capaz de salvar ou até de destruir relacionamentos ou momentos.

Por mais importante que a sua opnião seja, nem sempre deve ser dita, pois poderá trazer os piores resultados e o melhor é silenciar.

Porém, ás vezes, o silêncio é mal interpretado por quem o recebe e as complicações acabam sendo terríveis, mas talvez já seja tarde para falar algo.

Há momentos em que as palavras se esgotam, a cabeça está cheia e não há nada melhor que um momento de silêncio acompanhado de um olhar vago.
Acredite, isso acalma.

Também tem aquele momento em que os argumentos chegam ao fim.

Nem sempre o silêncio profundo indica tristeza, como é muitas vezes interpretado, porém, como já dito, as palavras se esgotam e talvez a mente tenho feito o mesmo.

Já ouviu falar que uma das "três coisas que não voltam atrás é a palavra dita"? Ou que ás vezes o silêncio é a melhor opção?

Então, da próxima vez que for falar algo, pense se não seria melhor se calar.

E quando reparar alguém calado demais, respeite.

-Abraços
Kari Mendonça

segunda-feira, 16 de abril de 2007

Normal? Nem um pouco!

Eu sei que o Brasil tem assunto suficiente para os meus próximos 50 posts, mas hoje eu não quero me focar no Brasil e sim no mundo.

Na sexta-feira, eu estava em casa quando li a manchete: "Adolescente mata filho recém-nascido com 135 facadas nos EUA".

Minha primeira reação de choque. Não consegui imaginar como alguém consegue esfaquear um bebê e então resolvi ler a respeito.

Uma adolescente que conseguiu esconder a sua gravidez devido a obesidade, deu à luz em um tanque e logo após esfaqueou o bebê.

A princípio ela disse a polícia que o bebê havia nascido morte(não que isso fosse justicar, né?), porém, mais tarde, confessou que ficou "em pânico" quando viu o bebê se mechendo.

Poxa. Os meus olhos se encheram de lágrimas e o meu coração se entristeceu completamente com tal notícia.

Não consigo acreditar como alguém pode ser capaz de tal ato.

Sou louca por bebês. Acho o ser mais lindo, mais inocente, capaz de trazer a maior felicidade do mundo e não consigo aceitar que alguém faça mal a ele.

Hoje, li sobre o massacre numa universidade americana.

Até agora tudo o que se sabe(ou tudo o que foi divulgado), foi que o autor da chacina era do sexo masculino e que o mesmo cometeu suicídio logo após matar 32 pessoas.

Não sei a idade de tal indivíduo, não sei o que o motivou a ir em um dormitório universitário e logo depois a um prédio e sair atirando para todos os lados e em todas as pessoas, mas sei que o que fez é inaceitável.

Estamos tão "acostumadas" que tais notícias não nos causam mais nenhum impacto.

Todos os dias ouvimos notícia que falam do bebê que foi achado no saco de lixo, ou na ponte, ou até num riacho.

Ouvimos sempre que pessoas foram mortas a tiros logo ali na esquina, e passamos a achar tudo muito normal.

Mas eu só queria te dizer que NÃO É NORMAL.

Não é normal ou aceitável que uma mãe mate o seu filho, sendo ele um bebê ou não.

Também não é normal que um louco saia por aí com uma arma e se sinta poderoso e no direito de sair por aí matando quem quiser ou quem estiver na frente.

Vivemos numa sociedade, temos direitos e deveres, mas antes de tudo deveriamos ter o amor ao próximo.

Talvez esse amor não seja respeitado por não estar na legislação. Opa... mas afinal, o que é realmente respeitado na tal legislação? Enfim...

Temos o direito de ir e vir, mas não temos a segurança de que voltaremos.

E talvez o Estado não seja o único culpado por isso, afinal, a tal adolescente e o tal do sexo masculino não moravam numa sociedade tão "injusta" e com tanta desigualdade social como o Brasil.

Pois é, eles viviam nos Estados Unidos da América, onde existe o "american way of life", onde a vida é uma maravilha, onde se ganha muito dinheiro e onde todos vivem muito bem. Não é isso o que falam?

E então. O que levaria uma pessoa a cometer esse atos tão terríveis?

Não sei, não tenho mínima mínima idéia.

Mas eu só espero que da próxima vez que você ler uma nótica do tipo, que você não pense que é apenas mais um, mas que você possa sentir o impacto que tal notícia realmente causa, ou deveria causar.

-Abraços
Kari Mendonça

sábado, 14 de abril de 2007

Após o luto, a dor

Já sentiu saudade?

Eu já. Uma saudade enorme que não acaba nunca.

Tudo que eu queria era um abraço, um beijo, uma palavra engraçada.

À alguns meses eu perdi a minha avó, quem visita o meu blog com frequência sabe algo a respeito.

No começo eu sentia falta, mas achava que era só momentaneio.

Hoje eu vejo que não, aquele era apenas o meu estado de luto(nunca tinha entendido o verdadeiro significado até pouco tempo atrá).

Agora que o luto passou a dor parece apenas aumentar, a cada momento, a cada dia.

Quando vou domir me lembro dela. Lembro das nossas conversas, de quando ela tentava fazer graça pra me animar...

Tudo o que eu queria era a minha avó aqui do meu lado, sabe?

Queria um abraço, queria falar pra ela coisas que eu nunca falei, queria dizer a falta que ela me faz.

É, mas não adianta me dizer que essa dor vai passar, ou que o tempo ajuda tudo, porque a frase mais certa que ouvi na vida foi que "a saudade varia com o tamanho do amor" e o meu amor era gigante e não tem tempo que mude isso.

Esse é só um desabafo, sabe? Dói muito guardar. E eu não sei sentar e conversar sobre o que eu tô sentindo. Pra mim é tão mais fácil estar aqui e escrever.

Eu não sei quem vai ler, não sei nem se deveriam ler, mas eu precisava falar com alguem e se você veio até aqui, obrigada por me "ouvir".

-Até
Kari Mendonça

domingo, 1 de abril de 2007

Pega Ladrão

Já tava precisando aparecer por aqui, né?
Mas muitas coisas andam acontecendo, sabe? E parar pra fazer algo legal tá complicado.
Mas hoje achei esse vídeo e vou deixar Gabriel Pensador falar por mim.

http://www.youtube.com/watch?v=kk5y-Cpu1TI

"Pega ladrão! No governo!Pega ladrão! No congresso!Pega ladrão! No
senado!Pega lá na câmara dos deputados!Pega ladrão! No palanque!Pega ladrão! No
tribunal!É por causa desses caras que tem gente com fome, que tem gentematando,
etc e tal.

Pega, pega!Pega, pega ladrão!!Pega, pega!Pega, pega ladrão!!Pega,
pega!Pega, pega ladrão!!A miséria só existe porque tem corrupção.Pega,
pega!Pega, ladrão!!Pega, pega!Pega, pega, ladrão!!Pega, pega!Pega, pega
ladrão!!Tira do poder!Bota na prisão!!

E você, que é um simples mortal, levando uma vidinha legal,alguém já te
pediu um real? Alguém já te assaltou no sinal?Você acha que as coisas vão mal?Ou
você tá satisfeito? Você acha que isso é tudo normal?Você acha que o país não
tem jeito?Aqui não tem terremoto, aqui não tem vulcão.Aqui tem tempo bom, aqui
tem muito chão.Aqui tem gente boa, aqui tem gente honesta, mas no poder é quetem
gente que não presta."Eu fui eleito e represento o povo Brasileiro.Confie em mim
que eu tomo conta do dinheiro".

Tira esses malandro do poder executivo!Tira esses malandro do poder
judiciário!Tira esses malandro do legislativo!Tira do poder que eu já cansei de
ser otário!Tira esses malandro do poder municipal!Tira esses malandro do governo
estadual!Tira esses malandro do governo federal!Tira a grana deles e aumenta o
meu salário!

- Tá vendo esta mansão sensacional? Comprei com o dinheirodesviado do
hospital.- E o meu cofre, cheio de dólar? É o dinheiro que seria pra fazermais
uma escola.- Precisa ver minha fazenda! Comprei só com o dinheiro damerenda!- E
o meu filhão? Um milhão só de mesada! E tudo com o dinheirodas criança
abandonada.- E a minha esposa? Só não me leva à falência porque eu tapo
esseburaco com o rombo da previdência.- Vossa excelência... Ce não viu meu
avião! Comprei com uma verbaque era pra construir prisão!- E a superlotação?-
Problema do povão! Não temo imunidade? Pra nós não pega não.

A miséria só existe porque tem corrupção.Desemprego só aumenta porque tem
corrupção.Violência só explode porque tem tanta miséria e desemprego.Porque tem
tanta corrupção!"Todos que me conhecem sabem muito bem que eu não admito
oenriquecimento do pobre e o empobrecimento do rico!"E você, que nasceu nesse
país.E que sonha e que sua pra ser feliz.Você presta atenção no que o candidato
diz?Ou cê vota em qualquer um, seu babaca?E depois da eleição, você cobra
resultado?Ou fica aí parado, de braço cruzado?Cê lembra em quem votou pra
Deputado?E quem você botou lá no Senado?"

-Até Breve

Kari Mendonça