sexta-feira, 11 de maio de 2007

Veja como você é (des)valorizado



“CONTA ABERTA

COMO
O GOVERNO TORRA O NOSSO SUADO DINHEIRO
O Estado brasileiro gastou R$ 806,8
bilhões no ano passado.
Agora imagine que essa dinheirama equivale a R$ 100.
E descubra como o país investiu seus recursos.

- Saúde: R$ 4,40
- Educação: R$
1,20

- Estradas: R$ 0,55
- Segurança
Pública: R$ 0,16
- Turismo: R$ 0,16
- Cultura: R$ 0,05
- Saneamento Básico: R$ 0,01

Os
hospitais representam o maior gasto da pasta: o equivalente a R$ 2,40 - pouco
mais que todos os salários do Judiciário. O programa de saúde que mais recebe
dinheiro é o combate à AIDS. O governo investe R$ 0,04 nele.”

(Veja o quadro ao lado)



-Fonte: Revista SUPER INTERESSANTE; Edição 239- Maio/2007; págs. 40 e 41



Pois é, agora eu me pergunto, se é na saúde que mais “gastam” dinheiro, pra onde vai essa grana?

Pois os hospitais públicos estão em situação cada vez mais precária.

Falando das estradas, não sei se posso falar muito, pois já em algum tempo que não saio daqui e por isso não posso opinar sobre a situação delas.

Porém, no início do ano passado, percorri muito por estradas e pude perceber sua situação desastrosa, tornando-se assim, perigosa.

Quanto a Educação, nem se fala, né?

Penso a única “grande” escola pública no Brasil são as prisões, onde todos aprendem perfeitamente e saem de lá bandidos melhores do que chegaram.

Apesar de que, penso também que a Câmara dos Deputados é outra grande escola, pois lá estão os maiores bandidos e ótimos professores, pois vários do que entram se corrompem.

A Segurança Pública é um outro “ponto” que parece esquecido pelo mundo.

Como já ouvi dizer, “estamos perdendo o direito de ir e vir” e isso porque o Estado não está fazendo a sua parte.

Não temos segurança em momento algum.

Para que você tenha uma pequena idéia dessa falta de segurança, vou dar o exemplo da visita do Papa.

Assistindo televisão ontem, vi que, por ser considerado um país muito violento, foi necessária a presença de policias de vários países europeus, pois o Brasil não poderia “dar conta” da segurança do Papa.

Claro que o Brasil não poderia “dar conta”, quando os próprios brasileiros não estão seguros.

Quando sair de casa ou até ficar nela é um eterno risco.

O dinheiro gasto com o Turismo também é mínimo, mas também, de que adianta investir no turismo quando a segurança foi deixada de lado?

A Cultura também anda um pouco esquecida e pouco valorizada.

Aqui em Recife, por sua ver, sempre tem alguns show e eventos bancados pela prefeitura, o que acho legal, pois nem sempre a “massa” pode pagar para freqüentá-los.

Por último o Saneamento Básico, quase esquecido e muito, muito pouco investido.

Não é porque as favelas estão crescendo que o saneamento deve ser esquecido, pelo contrário, deve ser sempre feito e “arrumado”, por assim dizer...

Bom, por essa matéria podemos ver o quando o nosso dinheiro é (des)valorizado e o quanto somos feitos de idiotas!

-Abraços
Kari Mendonça

Um comentário:

kaya disse...

É mesmo Kari, e em saber que tem dinheiro que pára até na cueca de bandido... menos para o lugar onde deve ir!!!

...lamentável.

Beijos =******* bem interessante seus textos!

http://livre-essencia.blogspot.com