sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Aproveite!!!!

Ela perdeu o marido quando estava grávida do seu segundo filho, há quase 15 anos. Tinha tudo e tudo o que tinha, perdeu. Começou do zero, com dois filhos pequenos e uma pensão do falecido marido. Sempre batalhou por tudo. Hoje, mora numa casa pequena, sem luxo algum. Paga todas as suas contas. Não tem nenhuma dívida. E é uma pessoa muito tranqüila, e alto astral. Tem todos os motivos para reclamar da vida, mas não o faz. Apenas aproveita cada momento, da melhor forma possível.

Ele também é viúvo, perdeu a esposa há pouco tempo. Tem duas filhas. Vive numa casa própria. Possui vários imóveis alugados e uma casa de campo. É aposentado e ainda recebe a pensão da esposa, fora os tantos alugueis. Nunca aproveitou a vida, nem quando a esposa era viva. Vive para adquirir bens e junta-los. Tem a vida que muitos pediram a Deus. Mas não dá valor a nada do que tem e vive reclamando da falta de dinheiro (apesar de não existir).

Olhando essas duas pessoas tão diferentes eu paro. E penso na vida, nas pessoas e nos momentos.

Como pode alguém com tudo, ser tão amargo, infeliz e insatisfeito com a vida? E alguém com tão pouco, saber aproveitar cada momento?

Ás vezes, as pessoas dizem que não podem aproveitar a vida pela falta do dinheiro. Não podem ir a um bar ou a um restaurante caro. Mas aproveitar a vida não significa gastar muito. Conheço um casal, que sempre que querem sair, mas estão sem dinheiro, vão ao shopping, pedem petiscos e tomam um chop. Não gastam muito, mas aproveitam o momento.

Tem coisa mais gostosa, que ir pra praia? Não precisa gastar muito dinheiro, mas é tão legal. Pede-se uma coca, ou uma cerveja, deita-se na areia, aproveita-se o mar, o sol....
Aproveitar a vida é saudável, sabia? Já foi comprovado por estudiosos.

Pode reparar, que, aqueles que não aproveitam e não vão a lugar nenhum. Aqueles que se privam de momentos agradáveis, são sempre amargos, rancorosos, como o rapaz citado no início. Sair com uma pessoa dessas é chato, pois eles são chatos. Suas conversas sempre são baseadas em dinheiro e na falta dele, ou na economia. Não sabem falar sobre coisas agradáveis.

Algumas pessoas criticam as mulheres. Mas me diga, sinceramente, tem coisa mais saudável do que sentar numa mesa cheia de amigas e passar uma tarde inteira conversando sobre coisas sem muita importância? Falando apenas sobre lembranças, namorados, ex-namorados, roupas, sapatos e um monte de coisas bestas? Claro que essas conversas não podem ser sempre, mas de vez em quando é tão bom. Alivia a tensão da alma.

Sei que viver é estressante. Não é porque sou uma mera estudante sem estágio que não tenho noção da vida. Muito pelo contrário. Logo cedo, por saber mexer no computador como ninguém na minha casa, fui destinada a resolver todos os problemas bancários e por isso, conheço a realidade de viver. Tem que se pagar contas, mesmo quando o dinheiro o pouco. Tem que trabalhar. Mas mesmo assim, têm-se que VIVER também!

Alguns aproveitam nas “baladas”, nos shows, nos bares... Outros preferem lugares mais calmos, como uma praia, um cinema, ou uma sessão de filmes em casa. Que seja com os amigos, com o companheiro(a), filhos, pais, ou sozinho. Guarde sempre um espaço para você. Um minutinho(vários de preferência) para esquecer dos problemas, das dívidas ou de qualquer outra dificuldade existente nesse mundo(e eu sei que são inúmeras).

Não se torne uma pessoa amarga, egoísta e egocêntrica. As pessoas começarão a te evitar e aos poucos, todos se afastarão. Aproveite mesmo, não importa se você é um adolescente, um jovem, adulto ou uma pessoa mais velha. Não existe idade para ser feliz. Sim! Aproveitar os momentos bons da vida, torna as pessoas mais felizes. Seja uma delas!

-Beijo
Kari Mendonça

14 comentários:

Menina Lunar disse...

Pefeito o texto. Às vezes a gente dá importância demais ao supérfluo e acaba esquecendo o que realmente vale à pena, desperdiçando tempo precioso de vida, que não volta mais.

Aproveitemos mesmo,
Carpe Diem!!

=]

Adorei esse blog, e encontrar mais uma conterrânea na blogoesfera.

;]

Beijo!!

Myra Caminha Nunes disse...

Realmente, tem gente que de tão chata a gente acaba evitando... Essas pessoas simplesmente não conseguem viver de outra maneira que não a delas, então fica até meio difícil fazer algo pra ajudar, sei lá...

Tem que haver um momento também pra se divertir, seja como for... Eu também adoro um cinema, amo mesmo... Prefiro lugares calminhos também, como livrarias, sair com os amigos pra conversar... Só não gosto mto de praia, hehehe... Mas enfim...

Pois é, faço RI com a queridíssima Priscilla... amo essa menina ;)

Bjo,
Myra.

Hugão disse...

É isso aí! Temos que aproveitar a vida mesmo, nada de ser um chato sem graça..
xD
Eu conheço uma pessoa igual o cara que você falou, mão de vaca, da muita raiva, rico e guarda dinheiro..
Mas a viada não é feita de dinheiro, eu consigo me diverti muito só conversando com os amigos também!
Beijão kari!

Têffo disse...

sinto em não ter tempo pra ler seu post...
abraço...

Priscilla Pontes disse...

Kari que lindo adorei, realmente a vida vai nos moldando e as realidades aparecendo, mas por mais dura que a realidade seja vc n precisa se tornar amarga por conta disso...
aqui em casa tbm tive que começar a resolver as transações bancárias (!) e logo logo me deparei com a realidade, mas faço dos momentos felizes os mais marcantes de minha vida, e carrego comigo os gestos de carinho que recebo ao longo da caminhada...

Bjos.

benechaves disse...

Pois é, Kari, temos que aproveitar a vida porque ela é rápida demais. Os dias passam, passam e de repente estamos velhos a contemplar o infinito. Se não se tem dinheiro, arranja-se. O importante é viver cada momento e fazer o que vc mais gosta.
Passa lá n' apanhador, tem versos de outros e um poema meu. Espero-te!

Um beijo vivido...

O Profeta disse...

Hoje tinha decidido pintar-te
Com matizes de profunda ternura
Perdi na memória a cor do teu sentir
A tua voz de água cristalina e pura

Hoje a lembrança é lança de fogo frio
É punhal afiado em tua mão
A incerteza tolda a razão ao amor
Perdido bem no fundo do coração


Boa semana

beijinho

Samanta disse...

Oi, Kari!
E aí?
Conseguiu achar "O Segredo" por aí?
Quanto ao post...
Acho que faço parte das pessoas que gostam de curtir.
Vou te dizer que às vezes até exagero porque, pra mim, não tem tempo ruim e, essa história do "sem grana" não me atrapalha.
Se tiver que gastar, pago no cartão e depois resolvo.
O resto é resto.
É bom trabalhar e ser sério.
Mas, é muito melhor curtir os amigos e bons momentos, ainda que estando sozinha pois, acredito que é isto que vou levar.
Bons momentos e experiência.
Beijos no coração.

.eu sou assim. disse...

.muito gososo de ler este post.
.precisamos procurar a felidade sempre... nada de ficar esperando cair do céu... nem mesmo deixar de aproveitar todos os momentos que Deus nos dá!
.por isso que, não importa o dia da semana... me estressei... corro pro botequim mais próximo com meu noivo, bebo um pouco, beijo na boca evolto pra casa e durmo como um anjo.
.Deus me livre ficar chata! rs

.

Antônio disse...

Tá aí uma semelhança entre nós. O apreço pelas coisas simples da vida. Concordo em gênero, número, graus e radianos com tudo o que tu dizes sobre como aproveitar a vida.
Ela é muito simples. Quem complica somos nós.

Beijão, cuide-se!

Priscilla Pontes disse...

Tem meme pra tu lá no meu blog kari!!

Bjos.

Nahira disse...

Concordo com tudo isso!
Dar valor ao que temos é muito importante (infelizmente, parece que quem mais tem, menos valor dá).
E acima de tudo, aproveitar cada momento pois a vida é curta e o intuito é aproveitá-la.
Bjs

Auíri Au disse...

...viver é uma arte só que é preciso cuidar...

Adorei o texto e concordo com você algumas pessoas tem tudo e querem mais...
outras sem nada e felizes...


luz

beijos


Auìri Au

Palavras de um mundo incerto disse...

Bah, Kari!

Eu penso quase sempre nisso.
Mas o que encontramos agora neste mundo dos jovens e adultos é: bebedeiras, baladas e rizadas. É claro que isso é essencial na vida, na fase, mas temos que pisar firmes no chão, pois tudo que é demais, faz com que tu se prejudique e que acabe contaminando os outros por causa do seu egoísmo.

Bloco do eu sozinho: Eu!

Bjos e abraços!

Marcos Ster

Ps: Valeu pela reflexão!