segunda-feira, 22 de outubro de 2007

As sombras

Não sei se gosto quando os dias são diferentes, quando saio da rotina.
Essa noite não foi igual a nenhuma outra.
Pela primeira vez, fui a pé pra faculdade.
Senti o vento em meu rosto, o luar em minha pele.
E a minha mente borbulhou durante todo o caminho.
Vários pensamentos me passaram, várias lembranças.
Tive vontade de sentar ali.
No meio da Agamenon Magalhães, sob o luar e sem parar de pensar.
Mas eu não podia parar, tinha aula. E segui adiante.
Por pura sorte, acabei não tendo aula.
Peguei minhas coisas e voltei por aquele mesmo caminho.
O luar ainda me iluminava quando cheguei em casa.
Percebi que, durante todo o caminho (ida e volta), eu não estava sozinha.
Havia uma sombra a me seguir.
Uma sombra, que, mesmo quando eu não a podia ver, sabia que ela estava ali. Descobri que era então, a minha sombra.
Horas mais tarde, ao ler vários textos que muito me fizeram bem, percebi que não é só a minha sombra que anda comigo.
Existem algumas outras sombras que me perseguem.
Sombras essas que se misturam em meus pensamentos.
Que fazem parte de mim. Que são lembranças.
Uma sombra que me cerca e que ás vezes, toma conta de mim.
É a sombra de um passado que já passou.
Sombra de pessoas que já me deixaram e por algum motivo ainda me perseguem.
São sombras de um amor que já acabou, mas que ainda me rodeia.
Sombra do futuro que está por vir, mas que me (as)sombra.
Sombra de um amor que nem ao menos sei se existe ou se sinto.
É a sombra de uma amizade interrompida por causa de uma paixão.
Sombra de uma saudade infinita de quem não posso mais ter comigo.
Também a sombra de uma saudade de quem quero ao meu lado e não posso ter.
É a sombra do que quero pra mim e não sei se conseguirei.
Percebi, ao olhar-me no espelho, que não consigo mais me ver.
Agora que notei que elas existem, só consigo ver as sombras na minha frente.
Só tenho vontade de sentar-me ao luar, em meio à chuva e chorar.
Chorar por todas essas sombras que me assombram, que me perseguem.
Por todos os sorrisos que não consigo mostrar a ninguém.
Por todos os momentos em que me senti inútil e não pude ajudar.
Por todas as lágrimas que eu vi cair e nem ao menos pude enxugar.
Por todas as vezes que tentei, mas não consegui segurar as palavras e acabei magoando.
Sim! Os meus atos também são sombras sobre mim.
Ainda me assombram, todas as palavras que eu não deveria ter dito.
Todas as vezes que disse que amava e que fui ignorada.

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

Que vontade de gritar, abrir os braços e jogar todas essas sombras pra bem longe.
Mas parece que elas estão tomando conta de mim. Estão cada vez mais perto.
Em breve, já não saberemos distinguir entre mim e elas.
E aí? O que será de mim quando isso acontecer?
Sei lá... E talvez nem me interesse saber...


Kari Mendonça

19 comentários:

O pensador disse...

Um velho amigo meu me falou que devemos deixar o percuso natural das coisas temos que deixar que nossas sombras ou melhor temos que libertar nossas sombras para que elas possam verdadeiramente encontrar com outras perdidas e voltar pra o seu mundo encantado mas quem consegue isso?

menina lunar disse...

Sob o luar? Perfeito.
Sem aula? Mais perfeito ainda!! [kkkkk]

Ihh... Kari tristinha. Não gostei nada disso... :(

Sombras, todo mundo infelizmente as tem, né? Escurecendo dias que poderiam ser bem melhores sem sua presença. Sei também o quanto é doloroso percebê-las, pois em uma ou outra esquina do caminho deparo-me com uma delas, trazendo angústias realmente difíceis de suportar.

Mas eu sei que você vai conseguir esquecer cada uma dessas sombras, tirando delas apenas o suficiente pra teu aprendizado e evolução. E quando a escuridão desaparecer, vai surgir novamente pro espelho e pro resto do mundo a Kari alegre, linda e iluminada que você é.

E que não demore a acontecer, hein? :D

Beijo gigante.

Adriana disse...

Que lindo o que vc escreveu, muito profundo.....
Lembrei de mim mesma qdo eu escrevia e entendi o que vc quis dizer....
Bjs otimo dia pra vc

Katarine Rosalem disse...

Ei!!
Nossa, como me identifiquei com seu post! Também tenho muitas sombras que me atormentam, mas hoje eu resolvi dizer: POR HOJE NÃO! E vou tentar lembrar apenas das sombras que me deixam felizes!
Espero que vc tb possa fazer isso menina!! Não quero ver-te triste, ok?

E pode deixar, vou passar aqui sempre! Resolvi que vou postar todos os dias! (bom, vou tentar, hehehehehehe) - Bjos!!!

Antônio disse...

No teu lugar, eu faria o dia amanhecer... Com a luz do sol, o céu azul e o canto dos pássaros, olhar pra sombra seria a última coisa que tu farias. E, mesmo que olhasse, a veria mais bonita, pois a sombra que o sol causa é viçosa e mais bonita.

Beijão, querida, cuide-se!

Janaína Rovari disse...

Kari,

Vc escreveu isso pra mim?! É claro que não, mas a minha vida está ssim ou um pouco pior... Hoje tive um pensamento muito doído, pensei realmente que ia ser engolida pelas sobras, fantasmas, assombrações... Senão engoliram, vai engolir!!!

Bjs

Janaína

Janaína Rovari disse...

Hoje realmente estou muito triste, e o pior que quanto mais triste, mas vontade eu tenho de escrever... Estou trabalhando e começa a brotar os pensamentos na minha mente e tira a minha atenção de tudo que eu estou fazendo... Me leva para o mundo das somras, dos contos, da ilusão...
Já estou eu filosofando, mas agora não posso escrever no meu blog...
Se pudesse iria escrever sobre a frustação, mas nem mais tarde me permitirei escrever e desabafar, o dever me chama...

Bjs

Janaína

A bailarina, disse...

de nada kari ^^

~Que vontade de gritar, abrir os braços e jogar todas essas sombras pra bem longe.!
disse tudo com isso aqui.!
sombras, as smbram que insistem em me perseguir.! =x

Beijos, flor.!

Alexandre Hallais disse...

Querida, doce e LINDA Kari,

sombras? perto de você?
Bem, o máximo que pode ser é um eclipse... amiga, você é uma pessoa muito especial.
O que deve fazer com as sombras?
Acenda sua luz e tudo irá dissipar.

Beijos para a alegre, maravilhosa menina... Kari.

Fernanda Alves disse...

ow direto tb tenho essa sensação... adoro andar e me sinto assim tb surge milhoes de ideia, dá pra pensar na vida e olha-la por varios angulos..

Bom demais!!!

Helena disse...

As vzese estar s� � o melhor jeito de viver nossos momentos.
As vezes estar s� tambem pode ser o melhor consolo do mundo...

Jeniffer Santos disse...

qdo estudava a noite,adorava ir a pé para faculdade...justamente p sentir o vento frio tocando meu rosto e admirar a lua que tanto amo.

x)


tá com vontade de gritar?
então,GRITA!


beijos flor!

Palavras de um mundo incerto disse...

Bah, Kari,

Sombra do bem e do mal.
Não temos como escapar disso.

Como o calor e o frio, juntos se equilibram.


Bjos e bom resto de semana pra ti.


Marcos Ster

Janaína Rovari disse...

Kari,

acho que encontrei a resposta para os porque...

Bjs

Janaína

Marcus Vinícius disse...

Se isso acontecer, tu vai virar uma sombra do que tu era...

hehehe, desculpe o trocadilho infame, foi mais forte do que eu.

Mas tu não pode deixar as tuas sombras te dominarem. Tu tem que por na cabeça que não são elas que estão grudadas em ti, é tu que está grudada nelas. E não são elas que te mexem, é tu que mexe elas.

Beijão!

Candy disse...

Oii, kari =)

Respondendo a sua pergunta: não, eu não acho que querer é poder. Há muito mais "coisa" nisso. Mas enfim...

Sombras.. todos nós temos e elas são boas pq nos fazem ver tudo oq passamos, mas elas tb podem nos assombrar.
Vai depender de um monte de coisa...

*ai.. perceba como nao estou conseguindo comentar...=/
tanta coisa se passando na minha cabeça... =/
sorry, kari

Beijooos

Pripa Pontes disse...

nossa que dark..ashhash
mas é verdade. muitas vezes sinto e vejo essas "sombras" a me perseguir e para mim a pior que têm é a sombra do remorso, do arrependimento..

Bjos, kari!

Poeta da Vida disse...

kari,
seu blog está cada vez melhor. Dá gosto gastar tempo nele!

Um abração!

Somente EU mesma disse...

Oie, Kari!!!

Essa música tem uma história na minha vida. Ela conta a história de duas pessoas que viveram um momento muito bom, mas que acabou!!!

Espero por vc no meu blog...

Bjs

Janaína