sábado, 3 de novembro de 2007

Aproveite o tempo que tem

É muito comum escutar que o tempo é o remédio para todos os males. Que só ele é capaz de apagar um amor ou uma dor. Dizem até que o tempo faz milagres. Quem nunca ouviu esse tipo de coisa?

No entanto, o tempo me dá medo. Tenho medo que o tempo desgaste ou apague tudo isso que existe em mim. Não falo fisicamente, pois não tenho medo de envelhecer, pelo contrário, aprecio o amadurecimento humano.

No entanto, tenho medo de não saber como usar o meu tempo, e o que mais me dói é ver pessoas gastando-o da forma mais banal possível.

Não gaste o seu tempo com besteiras. Lembre-se que o tempo é sagrado e passa apenas uma vez. Não é possível voltar atrás, portanto, faço o melhor que puder com ele. Aproveite-o ao máximo e não o desperdice.

Sabe o MSN? Use-o apenas para conversar com pessoas distantes, aquelas que só a internet ajuda a mantê-los perto, pois, querendo ou não, é a forma mais econômica. Não o use para conversar com aqueles que estão de fato perto, e se usar, que seja apenas para marcar um encontro. Não transforme as suas amizades reais em amizades virtuais apenas.

Sabe aquela conversa do seu pai, sobre usar telefone só para recados? Obedeça-o. Ligue de vez em quando para aqueles que te fazem falta para avisá-los de que está com saudades, e se possível, marque também um encontro. Nem que seja um rápido almoço ou apenas um “cafezinho” para botar o papo em dia.

Aproveite ao máximo o tempo que passar junto da pessoa amada, seja namorado, marido, ou que for. Não use o tempo em que estiverem juntos para perguntar quem foi a “fulaninha” que deixou um recado no orkut dele. Faça melhor, não leia os recados dele, afinal, não são para você. Confie no que ele diz e não gaste o tempo de vocês com cenas de ciúme.

Algumas pessoas sempre dizem que você não deve sair de algum lugar “brigado” com alguém, afinal, pode ser seu ultimo encontro. E é verdade! Já pensou se você briga com seu melhor amigo, sai de lá com raiva e, minutos depois descobre que o ele sofreu um acidente? Não seria terrível lembrar daquela última conversa? Daquele último momento juntos?

Por isso, sempre que brigar, não vá embora com raiva, espere alguns minutos, “esfrie” a cabeça e tente conversar. Não precisa necessariamente fazer as pazes, mas que a despedida seja, ao menos, amigável.

Sabe aquelas horas que você passa pensando em alguém que não gosta? Já pensou o quanto esse tempo é desperdiçado? De que adianta gastar algo tão precioso com alguém que não te faz bem? Use o seu tempo pensando apenas naqueles que, de fato, te fazem bem, aqueles que, só de pensar, te tiram um sorriso do rosto.

Não seja tão amargo e nem orgulhoso. Orgulho não leva ninguém a canto nenhum. Se acha que está certo a todo custo, pense mais um pouco. Releve, nem que seja para considerar a culpa 50% para cada um.

Quando encontrar alguém e perguntar como esse alguém está, pergunte demonstrando interesse e esteja preparado para ouvir qualquer resposta. Ás vezes estamos tão desesperados para falar com alguém, mas ninguém parece querer nos escutar. Se vai perguntar, seja sincero, não pergunte apenas por educação.

Também não seja apenas educado ao ouvir um “eu te amo”. Oras! Se não ama, é melhor não responder coisa alguma. É preferível ouvir um silêncio a um “eu te amo” seguido de atitudes que desmentem essa frase tão bonita.

Ah! Se encontrar alguém chorando, não venha dizer coisas idiotas ou sem sentido. Sente-se junto, dê um abraço e fique por perto. Demonstre sua compaixão e seu companheiro. Mostre que você está perto em todos os momentos, até nos de dor. Mas por favor, não fale nada inútil.

Entre tantas outras coisas, nunca deixe de demonstrar o que sente por alguém. Demonstre o seu carinho, seja com atitudes ou palavras. Se estiver apaixonada (o), se insinue, não deixe a sua paixão passar por aí. Agarre-a e aproveite. Se estiver amando, não deixe de falar a pessoa amada, pois “se amamos e não dizemos, corremos o risco de esquecer.”

E não esqueça que o tempo é sagrado demais para ser desperdiçado em vão.


Kari Mendonça

PS.: Tem post meu lá no satélite da Menina Lunar, se quiser aparecer...

17 comentários:

Somente EU mesma disse...

Amiguinha,

Vc está coberta de razão!!! Passamos muito tempo disperdiçando com besteiras e picuinhas... Eu tenho tentado trazer de volta algumas coisas que se perderam no tempo e não tenho conseguido, pois ele passou e não adianta tentar corrigir porque simplesmente ele passou...

Isso é terrível, mas faz parte do percurso natural da vida...

Bjs querida, vc é especial!!!

Janaína

A bailarina, disse...

Caramba Kari,
tem nem o que falar, amei seu texto, muito bom.!
E concordo com tudo que voce disse,
texto maravilhoso, e dispensa comentarios.!
:)

Beijos,

Pripa Pontes disse...

-sem palavras-

que post!
acho que isso é algo que todos deveriam ler e carregar consigo, gravado na emnte e no coração.

-ainda sem palavras-




Bjos.
Bom FDS!

O pensador disse...

Meu tempo rapa nem sei como gasto, mas só sei que podia gastar melhor ele, vou me alto avaliar... acho que é importante.

Já dizia pitty:

Não deixe nada pra depois, não deixe o tempo passar não deixe pra semana que vem por que semana que vem pode nem chegar...

menina lunar disse...

MENINA!!
SEM CONDIÇÕES DE COMENTAR ISSO! TÁ PERFEITO DEMAIS!!
Morro de orgulho dessa minha amiga jornalista... :P

Palmas e palmas e mais palmas!!

Excelente roteiro esse.
Excelente título.
É como eu vivo repetindo: Carpe Diem.
Tem de viver o hoje ao máximo porque amanhã não existe, né?
Viver da MELHOR maneira possível, como descrito aí no teu texto.

Beijo enorme!

PS:Ahh, tô adorando a propaganda do meu blog nos posts, hehe.

Samanta disse...

Cada dia que passa vejo que temos muito em comum!
Que bom!
Beijos no coração.

Enterufter disse...

Uau!!!

Pena que aqui não dá pra colocar a foto da minha cara de impressionado...rsrsr[É melhor assim..kkk]

Que texto, aliás que textos!

1-Pura verdade o que você diz aqui. temos que aproveitar ao máximo. vou até seguir umas dicas suas...

2-Também gosto muito dessa música. Quando a gente não tem muita coisa pra falar, as músicas falam por nós...adorei.

3- O QUE FOI ESSE TEXTO: "FELICIDADES"! Caraca! super atitude essa sua!

Sem palavras!

P.S.: Nem todos falam coisas idiotas pra se saírem de bonzinho Kari!

Nesses casos, alguns preferem nem falar...kkkkk

Tô brincando, tem alguns sim que não gostam de brincar, nem magoar outras pessoas...não generalize moçinha!

Beijo grande!

Lilah disse...

fico imensamente feliz em ter usado o meu tempo para ler esse post, e levar coisas comigo q eu já estava esquencendo,
tem- se q viver!

-adorei o texto,lindo e tocante!
mas alem de tudo verdadeiro!

to te linkando!

Weird disse...

Falou bonito... são coisinhas tão simples que fazem uma diferença enorme, porém simplicidade essa que a maioria desconhece ou não habitua-se a praticar (meu caso algumas vezes)...

Reticências disse...

Os dias são feitos por esses pequenos momentos que costumamos deixar escapar por pura displicência.

Bjo

Pripa Pontes disse...

ow kari...eu só n avisei a vcs pq vcs iam ter q pagar p ver a peça, tipo os 15 reais do aulão...senaum eu tinha avisado a todo mundo.

ei, mais uma festa do pijama? to dentro!!
me manda um email falando das idéias q tu ta tendo!

Bjos.
Ah depois boto foto da peça no fotolog p tu ver ^^

Somente EU mesma disse...

Oie... Kd vc no msn??? Sumiu!!!

Bjs

Janaína

Palavras de um mundo incerto disse...

"O tempo não pára", como dizia Cazuza. De qualquer forma, no momento de raiva ou de alegria, creio não estar perdendo tempo. Pois aprendo.

Bjos querida!!


Marcos Ster

Candy disse...

Lindo, lindo, Kari!
Cada dia que se passa vou perecebendo que estamos em conexao! :o
Coisa franga! haha
mas é verdade...
tava precisando ler sobre isso mesmo. Para parar de me preocupar tanto e ir vivendo o momento, sem desperdiça-lo e dando valor ao que realmente importa.

Sensibilidade grande a sua, viu?
escreve mtoo ^^

Beijoooos

Krika Muniz disse...

Já esperei tanto tempo... já dei tempo... doei meu tempo... hoje eu faço meu tempo... não deixo ele passar... beijão querida e obrigado pela visita adorei seu cantinho... vai fazer parte das minhas leituras obrigatórias...

Luciana * disse...

É sim aquela musica! Triste, triste, linda, linda.

Obrigada por me linkar, vou te link também :D

Beijão! :*

ALF disse...

Nossa, que texto.
Belíssimamente escrito e muito atrelado em nossa vida. Em curtir com intensidade e aproveitar cada segundo, da melhor forma possível. Não deixar nada que é importante pra depois.
Sabe, sou um cara que aproveita mal o tempo e confesso sim. Mas estu aprendendo aos poucos a utilizá-lo melhor. Devo te agradecer por esse texto que me fez refletir muito, e pensar mais sobre tudo que me rodeia e certas atitudes minhas. Obrigado por me proporcionar este feedback.

Um texto maravilhoso.

;)

Beijos minha amiga