quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Por mais que eu tente

Meia-noite e eu publiquei um texto aqui no blog. Não gostei muito, mas publiquei.
Ao acordar, a primeira coisa que fiz foi deletar. Passei o dia fora e não tive tempo de pensar em nada legal para colocar aqui. Ao chegar em casa, resolvi publicar algo de Fernando Pessoa, "a felicidade pode demorar", publiquei. Poucos minutos depois, deletei. Não era o que eu estava sentindo. Nem o que eu queria postar. Desisti então de postar qualquer coisa. Resolvi que o faria quando estivesse com cabeça. "Passeando" pelo meu caderninho onde escrevo poesias (não minhas) e algumas músicas, me deparo com uma música que gosto muito e que a muito não ouço. Resolvi procurar pelo vídeo e foi ótimo ouví-la novamente. Li a letra da música mais uma vez, e percebi que Gustavo Soares descreveu exatamente o que estou sentindo. Ah! Sem falar na maravilhosa interpretação da Marjorie Estiano. Aí vai a letra da música e o vídeo.

Beijos,
Kari Mendonça

- aqui o link do youtube. Tentei, mas não consegui botar o vídeo aqui. É complicado demais pra mim., desculpe!

Por mais que eu tente

Se o vento sopra sem sentido
As estrelas podem me guiar
Se eu não te tenho aqui comigo
Quando sonho eu posso encontrar

A liberdade sempre andou comigo
Nas esquinas de algum lugar
Mas o meu lugar é estar contigo
Eu não posso mais me controlar

Por mais que eu tente lhe dizer
O quanto eu sinto por você
Como é possível não saber
que eu te quero

Não importa se estou sozinho
Eu não tenho como te esquecer
Vagando pelas ruas sem destino
Se me perco me encontro em você

Por mais que eu tente lhe dizer
O quanto eu sinto por você
Como é possível não saber
que eu te quero

Por mais que eu tente lhe dizer
O quanto eu sinto por você
Como é possível não saber
que eu te quero

Como é possível não saber...

...te quero

PS.: Tem post meu lá no satélite da Menina Lunar, se quiser aparecer...

11 comentários:

Adriana disse...

Boa noite moça,
Tem dias que a gente quer dizer algo mas não consegue se expressar, coisa de apaixonados sabia?rs
Tenha um lindo feriado
Bjsssss no coração

Somente EU mesma disse...

Kari...

Faz dias que vem diversos sentimentos brotando na minha mente e meu coração... Quis trazer algo para publicar ,mas quando olho as teclas do teclado, as palavras e letras simplesmente não saem da minha mente, ficam martelando, martelando, encomodando e nada sai da forma como queremos nos expressar...
Eu postei um texto que não era o que eu queria falar, mas saiu o que saiu... Não irei deletar, pq é parte do posso escrever e falar...
Amiga, 1000 bjs

Janaína

Somente EU mesma disse...

É verdade... Quero tentar reviver, mas para me salvar de tanta escuridão!!!

Bjs

Candy disse...

Nós duas postando musicas é?!
Essa letra é bemm bonita realmente...

Vc podia ate nao saber oq postar, mas qnd escolheu...

Bom feriadooo, karii
;******

O pensador disse...

Acho que o amor está estacionado no seu coração vc , ta apaixonada DIDINHA?...


hERBERTH REIS

Fernanda Carolina disse...

Oie amiga, nossa que indecição em hehehe
trocou varias vezes, mais acertou no poster, ficou muito lindo tbm adoro essa musica, so escuto pouco tbm
bjs!

Ana D disse...

Eu andei por aqui, lendo coisas e até mesmo me emocionando (como mo post anterior, tão carregado de sinceridade)...Gostei muito, viu ?

Violetie disse...

muito bom!
se expresar através da música, esplendido!


bbbbjuss

ALF disse...

Nossa, eu cheguei a ver esse texto, mas não li de imediato rsrs. Enfim, essa música embala uma triste concepção do sentir enraizado de um amor.

Uma romantica canção que esbaja sensibilidade.

não posso ouvir uma coisa dessa... não agora enquanto meu coração está se reorganizando rsrsr

Mas é linda.
tu também
hehe

;)

ps: já passei lá, aliás fui o primeirão hehe.

carolina; disse...

ah... é bom abrir nosso baú. e ver que lá dentro estão nossos maiores tesouros, por mais que insignificante pareçam, não são nenhum pouco.

Alexandre Hallais disse...

Olá Kari,

eu gosto dessa letra... acho que é do primeiro CD, não é?
Passei para dizer que estou com saudades.

Beijos