quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Entre páginas...

Já faz algum tempo em que Pripa me indicou um “meme”, um tanto quanto, diferente. Eu teria que descrever e comentar sobre 5 dos meus livros favoritos, mas aí é que temos um pequeno problema, sempre que eu chego ao final de um livro ele entra para a lista dos favoritos, pois quando não gosto, eu simplesmente não consigo acabar de ler.
Logo, isso me causou uma séria dúvida sobre quais livros falar, até que decidi me dedicar a uma autora em particular que, até semana passada, tinha exatamente 5 livros publicados no Brasil. Agora são 6, e eu já o estou lendo, claro. A autora a quem me refiro é Marian Keyes, uma irlandesa que morou alguns anos em Londes e escreve os melhores romances possíveis, na minha humilde opinião.
A ordem que os livros foram publicados no Brasil, não foi a ordem que li, logo, falarei um pouco do meu processo de leitura.

Era o meu primeiro dia de férias, e eu fui ao shopping com uma amiga. Tudo o que eu tinha na carteira era o dinheiro que passaria as férias inteiras. Entramos na livraria, e como sempre, fiquei deslumbrada com um livrinho, até que encontrei uma capa grande e laranja escrito “Sushi”, e pensei, “que nome engraçado para se dar a um livro”. Li sobre a estória e achei que poderia ser interessante. E adivinha o preço do livro? Exatamente a quantia que eu tinha para passar as férias inteiras. Mas como eu passo as férias sempre em casa, achei que seria muito, muito lucrativo.


Sushi conta a estória de três mulheres muito diferentes. Lisa é um tanto arrogante, porém muito elegante, e começa a se achar a mulher mais infeliz do mundo ao ser transferida para Dublin, e não para NY como tanto queria. Já Ashling é apenas uma editora de uma revista que está sendo lançada e sua chefe nova é Lisa. Ela é bastante ansiosa, e pensa sempre que falta “algo mais” na sua vidinha. Clodagh, no entanto, tem a vida que muitas queriam. Ela é casada e tem dois filhos, a sua vida parece um verdadeiro conto de fadas, até que ela resolve “pular a cerca”. A vida das três se cruzam de alguma forma, mas cada uma com a sua individualidade, seus aprendizados e seus romances. Cada uma aprende a viver a vida da melhor forma, deixando orgulho, timidez e muitas outras coisas para trás.

Melancia conta a estória de Claire, uma das cinco irmãs da família Walsh. Ela recebe a notícia de que o seu marido a está deixando, no exato momento em que pega o seu primeiro filho no colo pela primeira vez. A sua vida vira de cabeça para baixo. Tudo parece dá tão errado e tão trágico que ela parece que jamais irá se recuperar. Até que, de repente, surge Alex, um simples amigo da sua irmã, que consegue mudar toda a sua vida.

Casório?!
conta a estória de Lucy, que, de acordo com uma cartomante, irá se casar em um ano. Ela mora com as amigas e não tem namorado. Nunca teve muita sorte com homens e o que mais procura é que eles não se pareçam nem um pouco com o seu pai alcoólatra, mas parece que todos os que ela arranja acabam sendo assim. Mas, como sempre dizem, o par perfeito pode estar mais perto do que você imagina. Pena que ela sofre um bocado até descobrir isso.

Férias! conta a estória de um outro membro da família Walsh, Rachel. Ela tem um namorado perfeito e tudo parece muito bem, até que a sua dependência com as drogas começa a ficar cada vez maior. Um dia, acontece o estopim, e ela é mandada pela sua família, para o “Claustro”, uma clínica para viciados, mas ela ainda teima em dizer que não é uma toxicômana. Mas, olhando o lado bom das coisas, ela pensa que até precisava de umas férias e tudo seria muito tranqüilo. Mas sua vida acaba sendo completamente transformada naquele lugar em que ela menos esperava. É um livro mais sério que os outros, mas ainda assim, o assunto é tratado com pitadas de humor e romance, característicos da Marian.

É Agora... ou Nunca, conta a estória de três amigos, Tara, Katherine e Fintan. Três irlandeses perdidos em Londres, cada um com a sua particularidade. Tara tem um namorado muito chato, mas ela teima em achar que um dia ainda vai casar com ele, apesar dele viver dizendo que nunca fará isso. Katherine é uma solteirona e bem sucedida, que guarda algum segredo que ninguém nunca descobriu, mas que a tornou uma pessoa muito na dele e com horrores a relacionamentos, mas mesmo assim, ela ainda espera encontrar o cara certo, do contrário, não viveria comprando conjuntos de langerie. Fintan é gay e casado já a algum tempo, é um amigo ótimo, mas odeia a forma com suas amigas levam a vida. E é através de uma péssima notícia que ele se aproveita para mudar definitivamente a vida delas.

Todos os livros são cobertos de humor, e claro, uma estória romântica sempre é bom. E as noites apimentadas dessas moçinhas, são sempre “as melhores”. As confusões da família Walsh também. Ah! E falando em família Walsh, o novo livro “Los Angeles”, conta a estória de Maggie, outra Walsh, que resolve largar tudo e correr para Los Angeles. Ainda estou no começo do livro, mas já estou adorando e não consigo parar de ler. A leitura da Marian Keyes, é sempre leve e muito agradável. E todos os livros são da Editora Bertrand Brasil.

Espero que tenham gostado. Se não gostam desse tipo de livro, uma pena.
Não vou passar o “meme” pra ninguém, mas, sintam-se a vontade para falar sobre seus livros preferidos...


Kari Mendonça

17 comentários:

::Lone Wolf:: disse...

Pois é, gasto todo o meu dinheiro com livros também ^^
Mas como você disse, é muito lucrativo.
Os livros parecem ter uma coisa em comum: Todos narram estórias cotidianas, em sua maior parte sobre mulheres que aprendem a viver melhor com as reviravoltas da vida... O que mais gostei foi "Casório?!", por motivos óbvios (rsrs)...

Beijos!

∆٭♥∞

Sinto que sei que sou: disse...

Adoro ler, porem ultimamente nao tenho tempo nem de respirar huahuahu
Muito bom esses livros moça
:)

Katarine disse...

Kari, que coisa!
Antes de vir aqui indiquei dois livros em meu novo post,rs.
Eles são dois dos meus livros preferidos: Blog: comunicação e escrita íntima nainternet, de Denise Schittine; e Diário de Anne Frank. Ambos muito bons!!
Mas, como vc disse, a cada nova 'última página' que leio, gosto muuuuuito do livro, rs.
Mas tem um que gostei muito, da coleção Plenos Pecados chamado: Inveja - Mal Secreto, de Zuenir Ventura. É muito bom!!!
Ah! Agora fiquei super curiosa. Quero conhecer Marian Keys!!!!

bjus menia!!!

Mylene Ribeiro disse...

Não li nem uma desses livros, mas temos algo em comum, todos os livros q eu leio até o final vira um dos meus favoritos, mesmo pq se o livro for ruim eu simplesmente não consigo ler .

Mas no geral gosto de livros q mostra o cotidiano, e tenham muitooooooooooooo romance, se o livro tiver um bom mocinho e uma boa mocinha sou capaz de lê-lo em uma noite, sou meio compulsiva se o livro é bom eu só sossego qndo acabo de ler .

Mas acho Kari, q vou aderir seu memê qndo tiver meio sem inspiração, tenho muitos livros bons pra comentar .

Bjao mocinha .

E um bom dia pra vc .

Biaaahhh disse...

Legal!!!!Ando procurando coisas pra ler...vou procurar um dos livrinhos desa autora!!!!Passa no meu blog...Só se vc quiser!!!!

Pripa Pontes disse...

E eu agradeço muito a vc por ter me iniciado no mundo de marian keyes, inclusive já inicei uma amiga americana minha a lê-los tbm, o 1° que ela terminou agora foi "Casório?!" (Lucy Sullivan is getting married na edição em inglês) e ela comprou, leu e adorou...to juntando dinheiro p começar a comprá-los, mas em inglês.
os livros dessa autora, que infelizmente n lí todos, são emocionantes...
ei, sábado almoço no Mc com bixinha e o pessoal né? ela ja me chamou ^^


Bjos.

candy disse...

hehe
eu tb gosto de ler!
adoro historias com começo, meio e fim! instiga a pessoa a chegar ao fim. Se falar sobre relaçoes do dia-a-dia, melhor ainda! Me encanta
^^

Seu post passado está ótimo!
Meninos e meninas são diferente sim! mas e se fossem iguais? como seria?!


beijããão, Kari

*ah, por esses dias te mando um e-mail, viiiu?!

Helena disse...

Minha mae tem dois dekes. Elas diz gostar muito, mas eu nao gosti nenhum pouco =)
Bjos
http://helena-blackballoon.blogspot.com/

Sinto que sei que sou: disse...

Bom dia moça
E como estais?

benechaves disse...

Oi, querida: tenho alguns livros favoritos, não sei se são de seu gosto. Indico: 'Cem anos de solidão', 'Ana-não', 'Judas, o obscuro', 'Crime e Castigo', etc... Acho que são clássicos da literatura universal.

Um beijo de 'letra'...

Palavras de um mundo incerto disse...

Bah! gostei de saber do que tu gostas de ler. Romances, estórias com desafios. Um caso aqui e outro ali. O que achei legal pelo que tu falaste que os romances que ela escreve são cheias de humor.

Bjos querida e bom finde!!!!


Com carinho!!!


Marcos Ster

Weird disse...

Interessante, estava pensando nesses últimos dias a pegar um livro que tenho aqui, um presente de amigo secreto! haha... acho que vou ler ele, finalmente, um livro chamado "Labirinto" da Kate Mosse, conhece? Enfim, se for legal eu aviso...

O magnata disse...

Livros sempre nos levam para um outro mundo de fantasia isso é muito bom ... que pena que poucas pessoas no brasil gostam de ler , não leio muito pois sempre ando correndo, do trabalho para o curso dai quando vejo o dia terminou , poderiamos esticar para 72 horas o dia... beijos estou com saudades de vc.

Pripa Pontes disse...

ah com certeza, qndo eu terminei de escrever foi a primeira coisa que pensei ^^
e sabia que tu ia gostar por causa disso...=D
de certa forma axo q me ví num futuro possível tbm...

Foi ótimo hj!!


Bjos.

Zihh disse...

Sinceramente, quando tu me emprestou sushi, eu não me senti tecnicamente muito atraída pelo livro, mas recentemente eu descobri que eu sinto essa mesma coisa todas as vezes que eu começo a ler qualquer livro. Mas uma coisa que sempre me desmotivou a ler esses livros, foi que eu mesma queria compra-los e assim poder ler tranquilamente. Só sei que depois dessa breve sinopse desses 6 livros, finalmente parece que eles me fascinaram, cada um com sua estótia peculiar.

outra coisa que tu me disse e que me influenciou enormemente foiq ue tu queria ter uma biblioteca particular, e isso me fascinou de um jeito muito foda. Desde então euu venho batalhando para compar meus próprios livros.

é isso kari..

beijos.

=**

Adriana disse...

Menina, sou doida pra ler estes livros sabia, mas estão tão carinhos né?

Uma hora eu tomo coragem e compro tb :)

Bjs

ALF disse...

É de fato interessante saber o quanto gostas dessas histórias românticas. Não nego que me encanto também.
um dia quem sabe adquiro um livreto desse para conferir.

Mas fazer o que, noveleiro de plantão, só podia dar nisso
kkkkkkkkkkk

Beijos minha linda.
;)