domingo, 3 de fevereiro de 2008

Eu

Posso não saber muito sobre a vida.
Posso não ter vivido nada ainda.
Posso achar que a vida é uma farsa,
E posso não entender nada sobre amor.
Posso ainda não saber amar,
Mas não quero viver sem acreditar.
.
Posso não saber do amanhã,
Pois nem sei se estarei aqui ao entardecer.
Posso nunca ter amado,
Mas gostaria de aprender com você.
.
Posso não ter certeza de nada,
Mas quero o nada ao seu lado.
Posso não saber o que falar,
E não mais importa o que já foi falado.
.
Posso ter vivido pouco,
E posso até ter tido outros.
Mas já não me importa o que passou,
Nem por onde você andou.
.
Posso não saber muito sobre a vida,
Mas sei quando quero algo.
E não importa se a razão
Fala mais alto que o coração.
.
Eu vou seguir.
Vou aonde tiver que ir.
Mas chegarei até ti,
E a gente ainda vai ser muito,
Muito feliz!

.


Tua pequenininha

8 comentários:

Palavras de um mundo incerto disse...

Bah, guria!

Ei, agora é minha vez de falar que tu és minha POETA preferida. Li muitas poucas poetas, então por isso, tu és a primeira.

Bah, guria!

Adoro-te!

Ei, essa poesia vou até copiar ela no meu caderno de poesias que são minhas autorias, e de outras autorias.


Beijos querida!

Com carinho!!!


Marcos Ster

candy disse...

Lindo msm!
Mas estou como vc hoje... vou me abster de comentários amorosos
=/

Beeeijoo

Libélula da Noite disse...

Oie!
Obrigada pela visita...

Posso não saber muito de você
Mas já percebi que você é decidida
Quando quer algo não deixa por menos
Corre atrás, faz acontecer e toma uma medida


Boa semana fofa!

bjus!

Uma vencedora disse...

Kari...

Sempre achamos muitas coisas... Achamos que sabemos e muitas vezes, que não sabemos nada!!!

O importante é sempre tentar e tentar fazer o melhor, mesmo que o melhor para vc não seja o melhor para o outro, mas tente sempre...

Bjs

Janaína

Fire disse...

Nhai que Lindo! *.*

Poema com um toque de infantilidade, perfeito!!

Bjus Kari

Bruno Oliveira / Paulo Fernando disse...

Olá Kari, obrigado pela visita fico muito lisongeado por ter pessoas como vc comentando no meu blog.

Gostei muito desse poema, as rimas são exelentes, tem conteudo, o que o mais importante, vc tem rimas muito boas mesmo, parabéns.

P.S.: Vou linkar vc no meu blog, se quiser faça o mesmo. Até mais...

Paulo Fernando
(Eu voltarei)

ALF disse...

No fim só temos a certeza que pouco sabemos...

pouco achamos e pouco vivemos.

Texto lindo, sensível e amoroso.

;)

beijos

Katarine disse...

Tudo lindo!!
A poesia e o desenho!!
;)