domingo, 17 de fevereiro de 2008

Sem nada... (ou não)

Tenho tentado escrever alguma coisa. Mas ás vezes não consigo por inúmeros motivos, até que, de repente, acontece algo ou alguém diz algo que me traz inúmeras coisas na cabeça, e aí começo a escrever. É certo que algumas dessas vezes escrevo coisas aparentemente sem sentido, mas o sentido sempre existe, pra mim, ao menos.
.
Nos últimos dias tenho ficado alguns minutos em frente ao computador, fazendo de tudo para escrever algo interessante não só pra mim, mas para os que aparecem por aqui e resolvem ler. Tenho lido inúmeras notícias dos mais variados acontecimentos, e acredite, tenho muitas coisas pra falar.
.
O que acontece é que, sempre que sento na frente do computador disposta a escrever algo, você resolve se instalar na minha cabeça. Não! Isso não é algo ruim, de forma alguma. Gosto de pensar em você. Adoro me perder nos pensamentos que te envolvem. E é por isso que ultimamente, sempre acabo escrevendo algo sobre você ou sobre o que sinto.
.
E não me importo se os outros acharem chato ler isso, afinal, se não gostarem, podem não voltar, não faço questão. Mas eu me pergunto se você achará chato. Ás vezes penso, “será que ele vai pensar que eu não tenho mais nada na cabeça”? Eu tenho, viu? Tenho muitas outras coisas, mas de todas elas, você é a que mais me envolve.
.
E parece que, nos últimos dias tens me envolvido ainda mais. Talvez porque estou em casa, sem fazer nada e sem nada mais o que me preocupar, mas o fato é que tenho sonhado contigo mais do que o normal. Talvez isso que estou sentindo, algo que posso chamar de ansiedade, diminua um pouco quando a “vida real” bater na minha porta, a partir de amanhã.
.
O que acontece é que eu não sei se quero que isso diminua, mas talvez seja o melhor. Acredita que hoje pela manhã, resolvi me entregar aos números e fiz aquela conta maluca? É! Eu fiz, e o resultado foi aproximadamente 3.456.000. Claro que quando você estiver lendo será um número um pouco menor (ainda bem!).
.
Viu? Acabei de escrever algo completamente sem sentido (eu acho) para os outros, mas com um sentido todo especial pra mim, e espero que pra você também. Ou não. Enfim...
.
.
Kari Mendonça

15 comentários:

Bruno Oliveira / Paulo Fernando disse...

Controlar nossas emoções, sentidos e ansiedades não é nada fácil, muitas vezes devemos nos entragar ao acaso, como você acabou de fazer, eu confesso que também tenho muitas ideias, muitas, até demais, porém não sei se serei compreedido ou ouvido por alguem, da um medo de dizer o que está intalado na garganta, é mas se soutar e gritar o que pensamos é as vezes a melhor opção, ou não? nem sei mais também.
Estou pensando em escrever algo mais sobre isso, mas leve e descontraido dos meus devaneios, obrigado kari, sempre que venho a seu blog saio cheio de ideias (mais ainda), e metas, até logo.

Paulo Fernando

::Lone Wolf:: disse...

Como já falei uma vez, a inspiração é caprichosa, mas também é generosa com aqueles que aceitam-na de bom grado. Também acontece assim comigo. Precisa de um fato extra na minha rotina para que eu consiga escrever... Caso contrário, é deixar o tédio falar, muitas vezes resultando em coisas obscuras como meu último texto. Por falar nele, obrigado pelo comentário, fico feliz que você também pense diferente da maioria dos homens e mulheres. A idéia inicial do meu blog era apenas colocar para fora a angústia do meu coração, que fora partido como nunca antes. Mas em menos de três meses foram quase 1600 visitas, de mais de 20 países. Isso me surpreendeu muito. Acabou que o propósito verdadeiro do blog era, desde o início, colocar o meu amor em palavras e fazê-lo rodar o mundo inteiro...

Beijos.

∆٭♥∞

Marcus Vinícius disse...

Provavelmente é uma conta de tempo, talvez segundos, pelo tamanho do número. Mas sei lá, como tu disse isso não faz sentido pra alguém que more fora da tua cabeça.

Agora, as fórmulas pra escrever. Eu unca usei fórmulas (pelo menos não conscientemente), mas já mudei algumas coisas no texto depois de terminar, pra (por exemplo) uma informação no final ter mais impacto.

Beijão, "guria"!

Uma vencedora disse...

Amiga,

Você escreve pra quem você ama, e ele poderá ler e te amar através das suas palavras... Eu escrevo sem sentido algum para um mundo totalmente imaginário e inexistente, um mundo que não existe e não irá mais existir na minha vida...

Mas, eu quero te dizer que a sua amizade é muito especial e tenho sentido a sua falta!!!

Bjs

Janaína

Antônio disse...

Corações apaixonados têm desconto na cobrança por novos textos, hehehe.
Eu não deixo de passar por aqui jamais, seja qual for o assunto. Gosto de ti como pessoa, e não importa a fase pela qual esteja passando, o importante é que poste, pois é essa a vertente do nosso contato. =]

Beijão, boa semana!

Auíri Au disse...

Que número é esse??
(fiquei curioso hehehe, acho que são as horas pra ele voltar né?)
Olha, todos os pensamentos remetem a uma só pessoa, isso é bom,
ele está te fazendo bem!!
Inspiração...

ps: meu post é confuso mesmo, também achei, foi uma tentativa de continuar com o post anterior....confusão, distorçao....ilusão



beijos



^^

candy disse...

Não faz sentido?!?!?!?!
faz totaaaaaaalmenteeeee!!!!
e como faz!

Hooomi, to ficando ansiosa por vc tb acredita??????
:o
Quero saber como vc ta, como está sendo, como será...
logo depois do fds trocarmos e-mails do tamanho das nossas ansiedades e sonhos!!!

Não canso de dizer:
que coisa liiiiinda! ^^

*ah, eu li seu post anterior tb... mas pensei, pensei, filosofei... e na hora de escrever nao saiu nada!
¬¬


Boa semanaaaaaa!
\o/
E a noite vou tentar te mandar e-mail (curtinho, prometo! kkkk), viiiiu?!
Boa volta as aulas (de verdadeee dessa vez \o/)


beeeeeeeeeijoooos

Fire disse...

È engraçado como certas pessoas aparecem, e tomam conta de tudo sem pedir licença neah rsrs

Bjus

Marcus Alexandre disse...

só entendi quando vc disse que ia escrever coisas sem sentido pra nós (leitores) e com muito sentido pra vc!
ahuahuauhuhahua
agora faz um post esclarecendo!
so mto curioso, e odeio essa sensação!
ahuahuahuahuhaa

;*

Menina Lunar disse...

aaaaaaaaai tempo, passa logo!!!

beijo Kari.

que saudade!!

(depois faço uns comentários decentes)

Paloma disse...

Quando isso me acontece, algo que n�o me sai da cabe�a, fa�o como voc� e escrevo sobre isso que me persegue. Um jeito de acalmar, de sossegar o cora�o e a mente.Beijos.

Alexandre Hallais disse...

Olá amiga!!!

Querida,

acontece com aqueles que amam. O pensamento voa para perto do ser amado... Acontece a todo o instante...

Achei linda sua declaração, pois pra mim é, ou não??? Se esse texto fosse escrito pra mim, eu interpretaria como uma declaração...

Beijos e muitas saudades

Marcela disse...

Ai Kari... até quando vc pensa que nao falou pra ninguém, vc fala. Vc falou pra mim... eu vivo em bloqueio criativo, mas acho que com vc é diferente, vc tem o que escrever, mas as vezes acha que nao cosnegue expor. Mas isso é tudo coisa da sua cabeça, mesmo.

Muito obrigada pelo comentário, viu? Lendo o que vc disse e os textos das outras meninas, eua té mudei de opinião. Sério. É verdade, as drogas e os amus comportamentos sempre andaram ao lado dos famosos... e o Grammy premia a musica, nao a ética. Mas enfim... é um assunto que rende.

Boa semana pra vc minha guria linda!
Um beijo!

Katarine disse...

Na maioria das vezes o amor não tem sentido!
bjo grande!

ALF disse...

É interessante como certas coisas não somem da nossa mente. Tudo se esvai e só fica aquilo lá.
Fica dificel escrever mesmo...

Sei como é.

;)

Beijos