segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Tua, e entregue ao tempo

Eu não existo longe de você
E a solidão, é o meu pior castigo
Eu conto as horas prá poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo...
.
.
Definitivamente o relógio está de mal comigo. Eu não sei o que fiz, mas ele resolveu andar mais lento do que nunca. Talvez o fato de ter resolvido conta-lo interfira nisso, não sei... Os segundos transformaram-se em horas e as horas andam com os dias. O tempo não pára, mas não e o que parece. Aí que angústia!
.
Mas quer saber? Não me importa quão lento ele possa parecer, o fato de saber que ele passa já me faz sorrir. E a certeza de saber que, ele passando, você estará aqui, me deixa indescritivelmente mais feliz ainda.
.
Por mais longe que o tempo possa parecer, agora ele tem data para “chegar”. Se antes eu pensava que, “cada dia era menos um dia”, hoje eu tenho certeza disso. E a melhor certeza é poder te ter ao meu lado.
.
Tu! Tu que és meu. Aquele a quem me entreguei como nunca. Aquele a quem “peguei de jeito”, da mesma forma como fui pega. Tu, que me fizesses tua. Tu, a quem eu quero sempre fazer bem.
.
E eu já me entreguei de todas as formas e de nenhuma. Conheces meus medos como conheço os teus. Conheces minhas angústias como eu as tuas. Mas não conheces minhas manias. Não sabes o meu cheiro...
.
Ah! Serão tantas descobertas, tantos momentos. Haverá pouco tempo, eu sei, e pior ainda é saber que ele vai passar o mais rápido possível. Sei que as horas passarão como os segundos, em uma rapidez incrível.
.
Mas tento não pensar no depois. Também não consigo pensar no agora. Eu quero o amanhã e quero hoje. E agora?
.
.
E agora que eu tenho que esperar
O agora passar,
O hoje acabar, para então,
Lentamente o amanhã chegar.
.
E eu espero.
Espero porque te quero!
Espero porque sou tua.
Somente tua e pra sempre tua!
.
Tua, como as pétalas
Pertencem a rosa,
E como a rosa pertence
Ao mais belo dos jardins.
.
E quando o amanhã chegar,
Eu quero poder te olhar,
Um pouco depois de te beijar
.
E dizer que sou mais tua
Do que jamais foi a rosa
De qualquer um dos jardins.
.
.
Kari Mendonça
.

.
Tô louca prá te ver chegar
Tô louca prá te ter nas mãos
Deitar no teu abraço
Retomar o pedaço
Que falta no meu coração...
.
.
PS.: As partes em vermelho são da música "fico assim sem você", da autoria Abdullah / Cacá Moraes.

14 comentários:

Marcus Vinícius disse...

Sortudo essa cara, hein?

Adorei o post, moça bela!

Beijão!

PS: comentário curto pq to com sono, tá?

Anônimo disse...

Oi, achei seu blog e adorei...muito bom mesmo... parabéns!

Antônio disse...

Dois assuntos difíceis...infidelidade e a demora do tempo em passar. Principalmente quando se espera algo, né?
Como é início de semana, ainda não estou com o funcionamento do cérebro a pleno vapor, além de não estar com total disposição para formar opinião logo de manhã.
De qualquer forma, gostei das tuas argumentações.

Beijão, boa semana!

Fire disse...

Só não se esqueça que esses minutos que estavam rastejando não voltam mais...

bjinhus ;*

Bruno Oliveira / Paulo Fernando disse...

Sortudo essa cara, hein?[2]

Não sabia desse seu lado poético, gostei mesmo, quanto mais nos preocupamos com o tempo mais ele insiste em não querer passar, Desculpas pela ausencia é que agora com o cursinho tenho que ficar estudando e nem to entrando no pc pra não cair na tentação de ficar o dia todo, mas vou tentar reorganizar meus horarios.

Tem postagem nova lá no meu blog!Chega lá!

Paulo Fernando

Marcela disse...

Nossa guria.. hj tu mexeu comigo. Pq eu vivo situação identica... distancia, amor, e essa sede..
Muito bom compartihar de novo da tua narrativa.
Isso pode ser muito discutido, mas sei como vc quer ficar quietinha com seus sentimentos (pelo menos eu me sinto assim...).

Um beijo bem grande. E boa semana!

Auíri Au disse...

Como o amor é lindo....


beijos querida,


luz



Auíri Au

candy disse...

Kaaaari,
tinha passado aqui cedinho, mas nao deu rpa comentar...

aiii esse tempo que nao passa de jeeeeito nenhum né?
Mas se concentra (ok, é dificil...) e pensa que o que parecia distante (nao fisicamente somente) está chegando. E já esperou tantos meses (já contou por qnts dias vc já esperou?) que esses últimos dias vão passar rapidinho!

Tô aqui de dedinho cruzado, sempre!!!

beeeijoooos

Marina disse...

Kari =)
Aiee eu achei mega lindo seu post ^^ eu sei como é sentir isso...que o tempo não passa quando vc mais deseja que ele voe...e o contrário também...quando queremos que ele congele por toda a eternidade...
Sabe, eu li também o post anterior que eu não havia lido ainda ^^
Eu concordo com o seu ponto de vista ...e concordo porque é o ponto de vista que a quase 2 anos está em prática em meu namoro ^^
Namoro a distância não existe sem confiança...e não é fãcil não!
A saudade, a vontade de abraçar, de beijar, de estar junto...em momentos felizes e nos tristes também...poder consolar, não com palavras, mas com gestos que deixam as palavras desnecessárias...não poder fazer coisas assim é o pior de tudo, com toda certeza! Mas mesmo a distância, é um relacionamento, é um compromisso com outra pessoa que possui um sentimento por você! Eu achei um absurdo o que a tal garota disse...e por isso eu faço questão de te dizer que a fidelidade pode existir sim num namoro a distância...pois existe no meu =)!!!
Mas Kari, voltando ao assunto desse post..eu espero de todo coração que as horas colaborem com você...e que você continue sorrindo cada vez mais ao lembrar que cada vez menos tempo falta para chegar o tão esperado momento!
Bjos =**

::Lone Wolf:: disse...

Misericórdia... O sentimento humano é capaz de forjar as obras mais lindas. Como então duvidar de tal sublimidade. Não há como. Seu inspirador é um cidadão de sorte.

Beijos.

∆٭♥∞

Mylene Ribeiro disse...

Como sempre, tu e o amor !!!


Lindo Kari vê q tu tá amando, então ame, ame, ame .....

Mil beijos pra vc ...e tô morrendo de saudades

matheuss disse...

bem poético
gostei
os detalhes do texto são bem realistas
=}
bju**

Uma vencedora disse...

Querida,

Prazer em tê-la novamente ao meu cantinho...

Sobre o que acabei de ler, quero dizer-te que és sinceramente perfeito.

O seu poema é lindo, penetrante, envolvente, maduro, sobrio e embreagante ao mesmo tempo...

Linda!!!

Bjs

Janaína

ALF disse...

Eu acho que está sendo demais ver essa tua profundidade amorosa nas palavras. Você é um ser que emana um amor puro. E sei que versa toda essa magia do romantismo. Sei que está impregnado com essa fragrância sublime do bem-querer, desse desejo de amar...

você é especial.

;)

Beijo amiga.