quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Quatro, três, dois, um!

Quatro braços, que
juntos, formam três.

Quatro olhos, que
tentam, ser apenas dois.

Duas bocas, que,
a todo momento, ficam uma.

Vários pensamentos.
Duas opiniões.

Várias contradições,
duas conclusões.

Dois seres.
Dois corpos.

Um só sentimento!

E um só ato.
O ato de amar.



Kari Mendonça

7 comentários:

Thiago disse...

amar faz bem!! e na maioria das vezes torna dois corpos um só! :)

Bom final de semana Kari!

D.Ramírez disse...

e não há ato melhor q o amor..amar é amar e ponto.
Besitos

Leh disse...

Que lindo!!!

Daniel Foschetti Gontijo disse...

eis o mistério da fé! a fé no amor...

Quase Trinta disse...

coisas do amor, quem pode explicar, aliás acredito que nem precisam ser explicadas.

Palavras de um mundo incerto disse...

Essa poetisa cheia de ternura.

Beijos querida!!


Marcos Seiter

ALF disse...

"E um só ato."

Perfeito Kari.

Só você pra escrever uma coisa tão linda assim. Maravilhoso.

Beijos