domingo, 7 de dezembro de 2008

Reflexão de um ano que está para acabar...

Esse ano, confesso que aprendi bastante com as pessoas ao meu “redor”. Pude reafirmar e confirmar algumas certezas e perceber coisas importantes. Foi um ano que fui odiada por muitos, acusada por outros e ignorada pela maioria.

Mas, quer saber? Pouco me importa o que as pessoas pensam ou fazem a meu respeito. Eu tenho plena consciência de quem sou e do que faço e não me arrependo de nada e nem tenho motivos para pedir desculpas.

Dentre as coisas que aprendi/percebi esta o ser humano como ponto principal. Percebi que as pessoas não reagem bem ao ouvir verdades. Que elas não admitem que algo seja dito, simplesmente por se saberem daquela forma. As pessoas só querem ouvir aquilo que as agrada, e por isso, a verdade parece doer imensamente.

Reconfirmei o quanto as pessoas são egoístas e insensíveis. Que elas se acham sempre certas e fazem de tudo para saírem “bem na fita”, não importa por quem ou onde tenham que passar. Que as pessoas só pensam em si e esquecem-se de todos os que estão ao redor.

Descobri o quanto as pessoas podem ser hipócritas e o que o medo da morte pode fazer. As pessoas, quando pensam que vão morrer, querem concertar tudo, mas não concertar de fato, apenas deixar de uma forma que se sintam bem, não importando mais ninguém.

E isso as deixa ainda mais insensíveis, pois elas acham que o mundo deve girar ao seu redor, apenas porque existe a possibilidade de morrer. Mas oras, a possibilidade de morrer existe a qualquer instante e com qualquer um. Mas as pessoas são hipócritas. Opa! Acho que já falei isso.

Percebi também que, quando as pessoas não estão satisfeitas com algumas situação (causada por elas mesmo, muitas vezes), elas querem que as coisas mudem, mas não sabem pedir desculpas. Porque elas se acham muito superiores para tal “humilhação”.

Enfim, esse ano pessoas que algum dia tiveram algum valor para mim, antes de perderem o valor, me ensinaram e mostraram muitas coisas. E sabe, sou agradecida por todo e qualquer ensinamento. E me sinto mais forte para continuar meu caminho.

E, sem falar que, com o “apoio” de sua raiva, me sinto mais forte também para continuar desabafando e escrevendo aquilo que me dá vontade e me satisfaz.


Kari Mendonça

PS.: Nada relatado é ficção. Realmente aprendi tudo isso com pessoas que, um dia, fizeram parte da minha vida. O meu blog não é anônimo e apesar de “Kari” ser pseudônimo, todo mundo sabe que sou eu que escrevo(afinal, não foi lá um pseudônimo muito bom o que achei, né? hehehe), por isso, algumas coisas que escrevi já foram motivo de discórdia fora das “telinhas” do pc. Entretanto, como já disse, sei quem sou e o que sou e não importo com essas discórdias, pois elas só me mostraram o quanto hipócritas as pessoas podem ser. Era isso! Abraços.

15 comentários:

Palavras de um mundo incerto disse...

Lindo o que escreveste minha querida!!!

Sempre vivendo e aprendendo!

Eu ando vivendo e aprendendo muita coisa.


Beijos minha querida!!!


Marcos Seiter

Leh disse...

Karina, permita-me comentar algo não tão agradável assim.

"Foi um ano que fui odiada por muitos, acusada por outros e ignorada pela maioria".

Como tu podes saber que foi odiada por muitos? Te falaram? Ou tu achas isso? Um dos grandes erros é achar que conseguimos saber o que os atos dos outros querem dizer. Não tente ler pensamentos, nem decifrar gestos... SEMPRE erramos!

No mais, quando li o título: “Reflexão de um ano que está para acabar...” pensei que fosse encontrar aprendizados com algo de bom que alguém tenha feito, mas só vi aprendizado com as coisas negativas.

Só pra completar: adoro teu blog e, em 2009, continuarei acompanhando.
Beijos

Jéssica disse...

É o ciclo vicioso que se repete a cada dia, e não importa se são as mesmas pessoas ou outras diferente. É a realidade nua e crua.

Mas é bom saber que você percebe isso e que não se deixa influenciar ;)

;*

Cris_do_Brasil disse...

Oi Karitia, bom dia!

eu tinha uma postura de ´dizer o que pensava`. Arrumei muitos desafetos vida afora por isso - naturalmente pq isso incomoda muita gente!

Hoje, acho que cansei. Nao é de mudar o mundo e nem nada, mas acho ´nao preciso mais disso`. Explodam-se!

Quando vejo nao posso compartilhar das minhas opinioes e ser o que sou num relacionamento, seja ele qual for, eu ´pico a mula`.

Assim, bem fácil e tudo resolvido. Nao ia poder mudar o mundo mesmo.

Kari disse...

Alê, eu ainda vou escrever sobre as coisas boas desse ano.
Mas é que realmente não foi um ano bom em alguns aspéctos e não imaginei coisas. De fato o que escrevi magoou muita gente e me disseram "na cara" que me odiaram por isso. Até hoje não falam comigo por causa disso. Já outro que não gostou, me ignora. Não foi imaginação não. São as pessoas que me rodearam um dia que são assim. Fico triste por ter aprendido tudo isso, mas foi realmente o que alguns me ensinaram. Também me odeiam (as mesmas pessoas) e por isso me acusaram de coisas que eu jamais fiz. Enfim, como disse, não imaginei essas raivas, queria muito ter imaginado, mas é verdade. Pelo menos, aprendi a não ser assim com as pessoas.
E fico feliz em saber que vais continuar me acompanhando. Em breve (amanhã, provavelmente), escreverei as coisas boas desse ano tão lindo em outro aspéctos.

Beijão pra tu Alê!

Auíri Au disse...

Desculpe a ausencia..
O ano acaba e as etapas se renovam..
Junto com os trabalhos da escola.
HEauiheuiaheiauheia

Biejos

× Alice × disse...

Logo se percebe que aprendestes muito sobre as profundezas da alma humana, que muitas vezes se mostra bastante superficial e ainda assim alguns não querem ver!

Muitos outros aprendizados para o próximo ano!

Xerus
=***

Camila .:εïз disse...

Kari é por isso que você escreve tão bem, pois escreve o que deveras pensa e sente!

"As pessoas só querem ouvir aquilo que as agrada, e por isso, a verdade parece doer imensamente"
É a mais pura verdade! Mas é q a verdade doi mesmo...

Beijo e obrigada pela força, viu?!
Boa semana pra ti.

*Lusinha* disse...

Também sou grata as pessoas que me fizeram mal. Elas também me ensinaram muito, acrescentaram-me coisas para a vida.
Bjitos!

Candinha disse...

nossa, kari! pesado, hein?
a hipocrisia tá aí, na frente de tdo mundo, pra quem quiser ver; ou a gnt convive ou ignora, ainda bem q vc resolveu ignorar; faz mto certo, amiga!

SAUDADES! ;**

ALF disse...

A gente aprende tanta coisa né Kari. Eu também cresço e amadureço demais observando as outras pessoas. Mas sabe, aprendi a respeitar cada uma. Falo levando em consideração a liberdade que cada um tem em ser o que quiser. Realmente as pessoas extrapolam e abusam. Eu já me chateei com tantas pessoas, já me machuquei e já machuquei. Mas relevo, acabo esquecendo. Como você, soumais forte. Acabo concluindo que a consciência é de cada um. Eu tenho discernimento necessário pra afirmar que as pessoas é que devia se importam em se auto avaliar, pra identificar os erros que de alguma forma prejudicam as pessoas ao redor.

Esse ano aprendi a perdoar e aprendi a pedir perdão. Perdoei quem tanto me machucou, porque entendi e porque essa pessoa ainda mora no meu coração. E pedi perdão a duas amigas de coração, de alma. Porque, por intolerância, acabei machucando fortemente as duas. E isso me corroeu demais. A dor era horrível Mas hoje está bem.

Com isso aprendi mais sobre mim.

Aprendemos coisas essenciais para nosso crescimento Kari.

;)

Grande beijo

Érica disse...

Infelizmente nem tudo são flores. Nem se pode ser em 365 dias. É muito dia pra tudo ser lindo, bom e amigável. Mas tenha certeza que os melhores aprendizados são com as coisas que doi mais, ou com aquelas mais injustas. Você só vai crescer mais e mais. Também tive um ano não tão bom. Apesar de ter colhido ótimos frutos, enterrei sementes podres pra que elas não floresçam no próximo verão.

Beijo Karita "mia".
:)

Quase Trinta disse...

A vida é uma eterna aprendizado.
Nem sempre agradamos a todos.
O importante é sabermos quem somos e nunca mudarmos pra agradarmos alguém.
beijos

Alice Désirée disse...

Acho q nada depende dos outros, depende apenas de vc, q as pessoas são egoístas e tudo mais, mas eu n vou ser egoísta com essas pessoas..Mto pelo contrário, vou ser o melhor q puder..Esse é o pior castigo..
Tô com blog novo e gostaria q vc fosse lá!
Bjs!!
=1

No meu mundo. disse...

Forte hen amiga? Mas bem verdadeiro.
Bjos.