sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Sem mim

.
Meu coração não sabe o que escrever.
As palavras parecem sempre se esconder.
E eu já quase não encontro mais meu ser.

As lágrimas que caem pela face,
A dor me aperta o peito,
A saudade me dói a alma.

É uma dúvida, que traz a dor.
É uma saudade que vem com calor.
São as lágrimas, o meu único sabor.
São dias assim...
Dias que eu não me encontro em mim.



Kari Mendonça

11 comentários:

Cris_do_Brasil disse...

Seria um poema apaixonado?
Ou alguma situacao mal resolvida?

Do jeito que me conheco, prefiro pingos nos is e preto no branco.

Desculpe se falei bobagem Karizinha, apenas o texto me deu essa impressao.

Apesar que, no meu cafofo nao sei o que é mais ficcao ou realidade.
Bom findi amiga!

Uma Vencedora disse...

Amiga...

Poema lindo!
Poema cheio de sentimentos, expressam amor, carinho, ternura, e tras até aqui os mais duro dos sentimentos, a saudade!

Bjs

Janaína

Caroline disse...

Lembrou Zélia Duncan:

"é que às vezes
meu coração não responde...
só se esconde e dói"

beijos em você, karininha!!

e se encontre.

Jéssica disse...

Os dias que eu me vejo só
São os dias que eu me encontro mais
E mesmo assim eu sei, tão bem
Existe alguém pra me libertar.

Los Hermanos - Condicional

Essa música tá no meu perfil do orkut, e sabe que esse seu poema encaixou direitinho com ela. E comigo :)

;**

Kari disse...

Pode deixar Carol, já me encontrei!

Beijão!

Palavras de um mundo incerto disse...

Minha guria,
poema FODA!

Beijos minha poetisa querida!!!


Marcos Seiter

Cris_do_Brasil disse...

Karitia,
adorei suas palavras no meu cafofo, assim como sempre adoro as que escreve aqui para nós.

Têm horas assim, mas é só carregar a bateria e pegar no tranco tudo denovo.

Que bom, de certa maneira, eu acertei na minha suposição, melhor ainda que minutos depois tu resolveu. Somos aquarianas, resolvemos tudo loguinho. Se nao resolvemos, resolvem por nós, e aí melhor ainda hehe.

bJOCAS

*Lusinha* disse...

Mas que passam. E que já deve ter passado, até. ;)
Bjitos!

ALF disse...

Que poema lindo.
Existem momentos que eu também não sei o que escrever.
"...dias que não me encontro em mim"
;)

Adorei.

Beijos

Érica disse...

Lindo Kari!
Sem mais.
:)
Beijos pra tu.

Alle Nascimento disse...

aiai (respiração profunda)!

estou entrando numa fase assim.

ps_ quão sensacionla foi ler tal!

bjão moça que põe pra fora!