terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Conversa durante o jantar...

- Bem, estava aqui pensando... E... Tu me amas?

- Mas oras, que pergunta é essa, mulher?

- É que... Tu me consideras o "amor da tua vida"?

- Claro que sim! Será que não te deixei claro nesses 47 anos juntos?

- Nem tudo que está claro é óbvio, meu bem. E, me responde outra coisa...

- Sim?

- Se eu morrer antes de ti, tu te casará com aquela antiga namorada que mora no final da rua? Ou com alguma outra?

- Por que perguntas?

- Em?

- Que conversar é essa? Tu não vais morrer...

- Mas "se" morrer, tu te casará com alguém, que eu sei...

- Maria, eu te amo e sei que sabes bem disso. Amo-te desde a primeira vez que te vi naquele parque, á 48 anos atrás... Não consigo imaginar a minha vida sem que estejas ao meu lado!

- Ô Bem! Sei que sabes que também te amo tanto! E sabe, pensando bem... Eu terei sido sempre a mulher de tua vida quase toda, então, qualquer uma que vier, será apenas "a outra".

- Não fiques falando disso, mulher. Não me imagino indo dormir ao lado de outra, minha querida. Mas afinal, o porquê dessa conversa?

- É que andei reparando e, de todos os nossos amigos, as que ficaram viúvas, continuam viúvas. Já os homens que enviuvaram, estão todos casados novamente... E é por isso que estou dizendo que tu vais te casar. Só peço que não seja com alguém que não trate bem os meninos... Sabe como é, já terá sido difícil perder a mãe...

- Mulher, tantos anos se passaram e tu continuas com essa mente tão fértil... Então, pode deixar que faço questão de morrer antes de ti, assim não terei que dormir com outro alguém ao meu lado!

- Não! Prefiro te imaginar ao lado de outra - depois de mim, claro! - do que sofrer a dor de dormir um dia sequer sem a tua presença. Eu não aguentaria...

- Minha querida...

.
..
Kari Mendonça
*Publicado originalmente no último domingo e substituido pelo poema abaixo.

18 comentários:

Fernanda disse...

que doçura...
como o amor é lindo.

Katarine disse...

Que esse amor seja o amor de todos os casais!
Bjos e tem um presente pra vc no meu blog!

Auíri Au disse...

Você está com os sentimentos mais doces...Essa conversa é linda e me fez pensar bastante...Não só no amor homem e mulher...mais em geral!!

Beijos

Érica disse...

Seria uma premunição?

huauhauhauhuhaa

;*

::Lone Wolf:: disse...

Eu também costumava imaginar esse tipo de coisa no futuro. Só não lembro se já tinha ido tão longe. ^^
Eu passo bastante tempo baseando-me em experiências do passado e esperando o futuro. Tenho que lembrar-me do presente. =/

∆٭♥∞

Kari disse...

Só pra esclarecer, não!
Isso não é uma premonição, e eu não estava pensando no meu futuro.
Mas no presente, apenas não o MEU presente e sim o presente que me rodeia com pessoas que me rodeiam.
Essa conversa não me surgiu por acaso nas ideias, mas foi baseado em acontecimentos que ocorreram...

Abraços!

*Lusinha* disse...

Que lindo Kari...
E eu acredito em amor assim. Da vontade de não ter ninguém dormindo ao nosso lado, se não aquele que amamos.
Bjitos!

Eu® disse...

Amiga, linda história. Mas se a lei permitisse casar com todos, eu casaria!!! kkkkk

Gabriela Magnani disse...

O amor é lindo! (32138398391823 votos)

Bruninha disse...

Que coisa mais linda!
Quero um amor assim tb =(

Beeijoo

Blog bacana!!

Carolina; respira-me disse...

Realmente é uma doçura, um amor seu texto Kari!
É, os homens sempre casam... Não sabem viver sozinhos, sacanas! rsrs

Hariane disse...

Ai que declaração de amor linda!

Que viva o amor!

Bjus

Camilaaa disse...

Uai... eu já comentei esta postagem! -^

Que o amor seja sempre lindo, puro e verdadeiro.

Ps. Kari, concordo contigo quando diz que "falta de sinal é um sinal". Tanto que escrevi um post citando seu "conselho" que adotei. E desde então me sinto melhor.
Muito obrigada minha amiga.
Um beijooooooOOO querida!

Simples Assim... disse...

Concordo totalmente. Em geral, homens não conseguem viver sozinhos. Mulheres já são mais fiéis e meio que se bastam. Não falo isso com o menor orgulho. Primeiro porque tenho características masculinas bem fortes. Segundo porque acho mesmo triste viver só. Vivendo do que não existe mais. Enfim... adoro esses temas cotidianos... me fazem lembrar o quanto somos encantadores... Bjin !!!

Maria disse...

Um belo texto, escrito com muita sensibilidade.
Aproveito para agradecer a sua visita ao meu blog, vc foi muito gentil deixando seu recadinho lá; estou começando, às vezes bate desânimo, mas ai vejo blogs já bem firmados, como ou seu, e sinto esperanças em ver pessoas lendo minhas coisinhas.
Um abração e linkei vc!

maria

Lilah disse...

Kari.

que texto mais lindo. poetico,puro.
ou menina queria te agradecer por estar sempre no meu blog, e quando a maioria das pessoas somem, seus comentarios estao sempre lá.
mto obrigada !

beeijo!

Leh disse...

Que lindooooooooo!
Quero ficar velhinha ao lado da pessoa que me casarei.

ALF disse...

Ô Kari, que coisa bonita de se ler.
Que doçura de texto. Tão sentimental. A conversa evidencia um amor tão puro, tão resistente e tão apaixonante, que desarma o nosso coração.

Que lindo demais.

:**

Amei.

Tu se supera viu menina.

Beijos
Saudades :**