quarta-feira, 13 de maio de 2009

Botando pra fora - Informação

A ausência é algo que me entristece, de verdade. Escrever pra esse blog é uma das coisas que mais me tranquiliza e satisfaz na vida. Mas, sabe como é, a vida do outro lado do pc é complicada e, ultimamente, anda corrida e estressante. Final de semestre é sempre essa correria. Milhares de trabalhos pra fazer e muitas coisas pra estudar. É por isso que eu resolvi que não iria deixar o meu blog jogado ao vento e resolvi misturar o útil ao agradável. Assim, eu faço coisas para a faculdade e ainda atualizo o blog. É por isso que começa hoje o "Botando pra fora - Informação". Sempre que eu não puder escrever, vou aproveitar algo da faculdade, pode ser? Então fica combinado assim. Logo que tiver um tempinho, eu venho contar as novidades (umas boas e outras nem tanto), ou contar alguma historinha bem legal. Beijão! E espero que aproveitem!!!!
.
A saúde das mulheres é mais afetada pelo estresse no casamento
.
.
É fato que as mulheres são mais frágeis que os homens e, muitas vezes mais sensíveis. Para completar, as últimas pesquisas revelaram que o estresse causado pelo casamento, afeta muito mais saúde delas. É que, ao ficarem estressadas e em depressão, o corpo feminino responde com a “síndrome do metabolismo”, que desencadeia problemas como a obesidade, a hipertenção e o colesterol alto. Já nos homens, isso não ocorre.
.
A pesquisa foi feita com mais de 200 casais, entre 40 e 70 anos, casados a cerca de 20 anos. Foram avaliados aspectos positivos e negativos de cada casamento, e a saúde dos voluntários foi monitorada. O objetivo era mostrar que casais que brigam e discutem muito, estariam mais sujeitos a depressão e a doenças cardíacas. Mas o que foi revelado, é que isso só aconteceu com as mulheres.
.
Os cientistas deixam claro que, para melhorar a saúde, não aconcelha que esses casais devam se separar, afinal, o divórcio é uma das maiores causas da depressão. Ele aconselha apenas, que as pessoas começem a cuidar da saúde de um modo geral, ou seja, preservando a qualidade de vida, seja familiar ou emocional.
.
.
Por Kari Mendonça

6 comentários:

C. disse...

A mulher somatiza tudo, para variar. Li dia desses um texto da Martha Medeiros, muito bom, dizia que ´os homens sao as verdadeiras mulheres felizes`. Ou seja, eles raramente enlouquecem, sao desencanados, assim sendo, nao sofrem da saúde tb.

Mas creio isso venha mudando já, caso contrário nao teriam tantos homens morrendo antes que suas mulheres...

Eu compartilho com quem quer que diga que a nossa saúde é afetada sim, e nao somente por estresse no casamento, mas na vida em geral. O jeito é relaxar.

Beijo Karitia, eu acho super interessante assuntos abrangidos em faculdade, manda ver!

Simples Assim... disse...

Eu sabia, então o casamento faz mesmo mal à saúde? rs... rs... Brincadeirinha... rs.

Essa pesquisa faz mesmo sentido. Está provado e comprovado que corpo e alma são partes de um só todo. Um sofre, o outro responde. Faz todo sentido também dizer que a mulher, por ser mais sensível, somatize mais. Só que, especificamente nessa questão, acho que a coisa é ainda mais delicada.

As mulheres já conseguiram derrubar muitos tabus e preconceitos, já conquistaram um considerável espaço na sociedade. Mas muito maiores que os desafios externos ou sociais são os conceitos e amarras que cada uma de nós traz dentro de si sem ter consciência disso. É o nosso subconsciente. É a herança que nossos antepassados nos deixaram. Uma responsabilidade pelo sucesso familiar, uma culpa quando as coisas não dão certo. Não faz sentido eu sei. Mas é natural que ainda esteja incutido no subconsciente coletivo que o homem seja o provedor e a mulher seja a pilastra da família. Afinal de contas, até bem pouco tempo era exatamente assim que as coisas funcionavam.

Gostei da sessão utilidade pública. Bjs !!!

Jéssica disse...

Então você faz faculdade de jornalismo?


[Qual blogueira não faz/vai fazer/quer fazer jornalismo? hahaha]

Jaya disse...

Casamento é isso. Divórcio piora? Oh, céus batman!

Haha.

Te leio de qualquer jeito, frô.

Beijoca.

Marcus Vinícius da Silva disse...

Aprovadíssima essa sua medida para não deixar o blog às traças.

Eu acho que o estresse dos homens é mais afetado pelo trabalho, decerto. Tem fundamento isso que eu disse?

Beijão!

PS: quando puder me manda um e-mail com o teu endereço para eu poder te mandar o livro autografado ;) a Candy me falou que tu ia querer também...

ALF disse...

As mulheres, mais que os homens conseguem se entregar totalmente.
De fato quando está muito envolvido num sentimento, e o elo se rompe, há a ocorrência disso mesmo.

Beijos Kari.
Te adoro!
;)