quinta-feira, 24 de junho de 2010

E quem é aquela no espelho?

Por que fazemos planos? Por que eu faço tantos planos? Não seria mais fácil deixar as coisas seguirem seu rumo e esperar acontecer sem tanta ansiedade e expectativa? Sim! Seria! Mas eu não consigo. Não seria eu se não fizesse planos para que tudo saia do melhor jeito possível. Não seria eu se não passasse noites sem conseguir dormir pensando naquela prova ou naquele primeiro dia de aula. Não seria eu se não tivesse aquele pesadelo de que tudo vai dar errado em cima da hora, quando já está tudo organizado. Porque planejar, organizar e sonhar são tudo que eu sei fazer.

E tem coisa pior do que quando a vida te diz que você, de repente, não pode mais fazer tudo o que você sabe? Porque, simplesmente, não tem mais sentido. Não parece mais o certo a ser feito. E, se eu penso, tento me esconder de mim mesma, porque parece tão errado. Parece que, se alguém descobrir, será o meu fim. Mas então eu me dou conta que apesar de pensar que não precisa ter um fim, ele parece ter chegado antes mesmo que eu percebesse. Sim, o fim dos meus planos. Porque pensar que foram adiados ainda é confuso. Ainda parece incerto. E é na incerteza que meus sonhos parecem errados.

E quem é aquela no espelho? Aquela que tem medo de sonhar. Que já não faz planos como antes. E que já não quer mais organizar nada, mesmo que tudo ao seu redor pareça uma eterna bagunça? Quem é ela? É uma desconhecida que está passagem? E vai demorar muito? Ou veio para ficar? Não sei... Talvez o tempo (sempre ele!) possa dizer alguma coisa...



Kari Mendonça

5 comentários:

*Lusinha* disse...

Eu também tenho um pouco disso. No meu caso, pendo mais pro lado de querer controlar o futuro, mesmo sabendo que não vou conseguir, que tudo não será como eu gostaria. Mas isso faz parte. Ajuda-nos a crescer. Quer dizer, é nisso que tento me segurar para tentar seguir em frente. ;)
Bjitos!

Mariana Amorim disse...

Por isso que não confio no que os meus olhos me dizem no espelho. Sempre ouço meu coração.

Ignoto Jardim disse...

Que venha essa nova mulher de dentro de mim,
Com olhos felinos felizes e mãos de cetim
E venha sem medo das sombras, que rondam o meu coração,
E ponha nos sonhos dos homens
A sede voraz, da paixão
Que venha de dentro de mim, ou de onde vier,
Com toda malícia e segredos que eu não souber
Que tenha o cio das corsas e lute com todas as forças,
Conquiste o direito de ser uma nova mulher
Livre, livre, livre para o amor....quero ser assim, quero ser assim
Senhora das minhas vontades
E dona de mim livre, livre, livre para o amor, quero ser assim,
Quero ser assim, senhora das
Minha vontades e dona de mim....
Que venha de dentro de mim, ou de onde vier,
Com toda malícia e segredos que eu não souber
Que tenha o cio das corsas e lute com todas as forças,
Conquiste o direito de ser uma nova mulher
Livre, livre, livre para o amor quero ser assim, quero ser assim,
Senhora das minhas vontades
E dona de mim livre, livre, livre para o amor, quero ser assim,
Quero ser assim, senhora das
Minhas vontades e dona de mim....

ligadona disse...

Não tenha medo de sonhar e nem de fazer planos...Planos são bons, mas nada em excesso..
=1

Katarine Rosalem disse...

Kari querida, qndo deixamos de sonhar, deixamos de viver. Não deixe de viver. Fazemos planos todos os dias, todas as horas... A vida nos frustra. E alguns planos, eu sei, precisam ser adiados, nunca esquecidos. Não deixe de sonhar. São os sonhos que nos motivam. Se está sem motivação, procure outros sonhos. Nem que seja trocar de penteado, guardar $$ pra uma viagem, comprar uma roupa, um carro. Não desista dos sonhos. Transforme-os.
Certa vez, ouvi de um casal de velejadores que "nós não somos capazes de mudar os ventos, mas podemos redirecionar as velas".
Pense nisso.

*Há alguém muito especial que pode te ajudar a compreender as coisas da vida: Jesus Cristo. Que ele te abençoe. Gosto muito de vc! Quero ver-te (ou ler-te, rs) feliz. bjos!