terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Querida Chiara

Querida Chiara, você ainda não me conhece, mas eu já te conheço e já a amo mais do que amei em toda minha vida. Eu já sonho com você, já falo sobre você o tempo inteiro e já te espero ansiosamente. Eu, caso você esteja curiosa, sou a sua tia. Não a única, é verdade, e nem a que estará sempre por perto, mas espero que isso não diminua o que venhas a sentir por mim. 

Nós duas sabemos que eu não poderei tirar a sua primeira foto para mostrar ao mundo (como fiz quando Lucas, seu priminho, nasceu), e eu não estarei te esperando em casa quando você chegar. É provável que eu também não esteja presente nas suas festas de aniversário e nem vou poder enxugar suas lágrimas cada vez que sua mãe reclamar com você. 

Mas meu amor, eu espero que você saiba, desde já, que não importa onde eu esteja, eu sempre a levarei no meu coração. E todos os dias eu vou sentir saudades suas. E eu vou te escrever cartas, porque é uma das poucas coisas que eu sei fazer bem. Espero que você, assim que aprender a escrever, que também me envie cartas, que me conte as novidades e me fale de cada descoberta que fizer. Assim eu poderia me sentir presente em cada momento que você me descrever.

Não sei se você gostará de ler, como eu gosto, mas já te comprei um presente, o livro "O pequeno príncipe", uma verdadeira joia, como você perceberá ao longo da vida. Sim! Porque este não é um livro infantil, apesar das "aquarelas do autor". É um livro sobre o amor, a amizade e a vida. Espero que gostes. Um dia teremos uma boa conversa sobre o principezinho. 


Minha princesa, sei que você será uma boa menina. Espero que você seja tranquila como sempre foi a sua mãe e que você faça-a sorrir mais do que qualquer um já conseguiu. Que possas, além de filha, ser sua amiga, porque não existe nada mais bonito do que ter a mãe como melhor amiga. 

E que você nunca esqueça que, apesar de longe, você tem uma família que te ama muito. Serás amada do norte ao sul do Brasil. Estamos todos ansiosos esperando você e loucos para ver o teu sorriso, teu olhar...

Com muito, muito amor, 
Tia Kaká