terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Diálogo antes de dormir

E quando a deitei na cama, ela me perguntou, “mãe, e como você conheceu o papai?”. “Exatamente como pedi a Papai do Céu, dentro da igreja”, respondi sorrindo. E ela continuo, “então ele era exatamente como você pediu?”, e abriu os olhos ansiosa pela resposta. Abri um grande sorriso e disse, “ele era exatamente o contrário”. Com ar de decepção, ela questionou, “e você não ficou chateada com Papai do Céu?”. Abri um sorriso ainda mais largo (se é que era possível) e disse, “não, porque ele tinha o sorriso mais bonito de todos”. Ela sorriu também e me abraçou, “é, também gosto do sorriso dele”. 

Um comentário:

raposa disse...

que bonitinho :)